04 de maio/20: Fechamento e principais destaques do dia



O IFIX apresentou nesta segunda-feira (04), uma desvalorização de -0,81%, fechando o dia aos 2.582,49 pontos. No acumulado deste mês de maio e ano de 2020, a variação acumulada do índice é de -0,81% e -19,59%, respectivamente.

fiis

Mercado de FIIs: Principais destaques e notícias do dia

FAED11: O fundo firmou com a ANHANGUERA EDUCACIONAL PARTICIPAÇÕES S.A., atual locatária das unidades de Valinhos, Leme e Taboão da Serra, um acordo de condições comerciais, prorrogando a locação das referidas unidades por mais 10 anos, contados a partir de 17/12/2020 e 30/09/2020, respectivamente, e demais condições contratuais em linha com os novos patamares da região. Tal acordo teve como objetivo preservar a permanência do locatário nos ativos, bem como uma extensão do prazo de locação interessante para o fundo, iniciando essas condições com efeitos retroativos à competência Março/20. Diante disso, a receita do fundo será impactada negativamente em aproximadamente 17,43% em comparação às receitas de março/20. A ocupação dos imóveis de titularidade do fundo não será impactada pelo acordo.

RNGO11: O fundo não recebeu o pagamento do aluguel referente à competência março/20, com vencimento no mês de abril, da locatária C&A MODAS S.A., que ocupa dois conjuntos comerciais dos edifícios que integram o fundo, o que corresponde a 1.221,8 m² de ocupação. A locatária representa, na presente data, 7,7% da sua receita imobiliária. Essa inadimplência vai representar um impacto negativo de aproximadamente R$ 0,04 por cota. Apesar da redução de receita imobiliária, o FII manterá a distribuição em R$ 0,42/cota referente a abril/20, uma vez que o fundo possui resultado acumulado no semestre gerado principalmente pela multa de rescisão de um dos locatários paga em janeiro/20.

HGLG11:Fundo informou que foram repactuadas as condições de pagamento do saldo do valor de venda do ativo localizado na Rua Ronald Cladstone Negri, nº 557, Campinas, SP. O valor a ser recebido é de R$ 18.680.000,00 sendo R$ 500 mil recebidos no dia 27 de fevereiro/20 e R$ 13.510.000,00 recebidos no dia 30 de abril/20. Esses valores pagos já totalizam 75% do valor da venda quitado. O saldo restante de R$ 4.670.000,00 será pago no prazo de até 90 dias a contar desta data (30 de abril/20), sendo que tal pagamento não está mais condicionado a qualquer providência a ser tomada pelo fundo. Considerando o total do valor de venda, a transação gerará um “lucro em regime de caixa” de R$ 2.450.754,66 equivalente a aproximadamente R$ 0,21 por cota.

RCRB11: O Fundo não recebeu o pagamento do aluguel referente à competência março/20, com vencimento no mês de abril, da locatária Vip Office - Locação de Escritórios e Serviços LTDA, que ocupa 11 andares do edifício Parque Santos, o que corresponde a 5.135 m² de ocupação. A Locatária representa, atualmente, 12,8% da receita imobiliária contratada do fundo. Essa inadimplência vai representar um impacto negativo no resultado de aproximadamente R$ 0,11 por cota.

RBRY11: Diante de alguns cancelamentos de cotas da 2ª emissão do fundo, o valor total da oferta atingido foi de R$ 53.945.889,40, sem considerar a taxa de distribuição primária, equivalente a 506.059 cotas.

BRCO11: Fundo apresentou seus resultados do 1T20. Destaques operacionais: portfólio com 10 propriedades; 0% de vacância; mais de 100 milhões em receita estabilizada; cerca de 78% de contratos atípicos; 40% de sua receita está na cidade de São Paulo.

Bruno Sperandio
Bruno Sperandio Autor

Engenheiro por formação, com mais de 7 anos de experiência no mercado de investimentos, trabalha com produção de conteúdo informativo e educacional para o mercado imobiliário brasileiro.




Comentários