30 de abril/20: Fechamento e principais destaques do dia



O IFIX apresentou neste último dia do mês de abril (30), uma valorização de +0,40%, fechando o dia aos 2.603,62 pontos. No acumulado deste mês de abril e ano de 2020, a variação acumulada do índice é de + 5,47% e -18,78%, respectivamente.

fiis

Mercado de FIIs: Principais destaques e notícias do dia

GGRC11: O fundo pagou no dia de ontem (29) a 6ª parcela do imóvel adquirido que está localizado na cidade de Igarassu, Estado de Pernambuco. No Imóvel será edificado um galpão industrial através de um contrato de locação atípico na modalidade built-to-suit (BTS) para uma empresa que desenvolve, fabrica e entrega produtos, sistemas e serviços para os setores automotivo, de energia e engenharia. O retorno aproximado para o fundo pelo conceito de Cap Rate será de 9,00% ao ano. Informou também o inadimplemento do valor do aluguel (cerca de 4,08% da receita do mês) da Locatária Cepalgo Embalagens Flexíveis LTDA., referente ao mês de abril/20.

MORE11: As 583.842 cotas integralizadas durante sua 1ª emissão encerrada no último dia 09 de abril passarão a ser negociadas na B3 S.A. – Brasil, Bolsa, Balcão, a partir da próxima segunda-feira, 04 de maio/20, participando em igualdade de condições nas futuras distribuições de rendimentos.

BRIM11: Foi aprovado em assembleia a prorrogação do período de investimento do fundo por 6 meses. Com isso, a definição de período de investimento passar a ser, portanto, “...30 meses seguintes à data de encerramento da primeira distribuição de cotas do fundo...”, tendo sido o prazo modificado de 19 de julho e de 2020 para 19 de janeiro de 2021. Tal medida se fez necessária diante das enormes incertezas político-econômicas causadas pela pandemia do Covid-19 e pelas medidas adotadas para sua contenção, possibilitando que o gestor (Brio Investimentos) tenha mais tempo para obter dados para fazer a mais correta e rentável alocação dos recursos do fundo nesse novo cenário.

RCRB11: Fundo apresentou um documento dizendo que foi aprovado a alteração do seu regulamento autorizando sua administradora a realizar: A exclusão da política de investimento do fundo onde diz que o fundo somente pode adquirir imóveis performados; investimento em cotas de FIIs; realização de novas emissões de cotas aumentando o capital autorizado para o valor de R$1 bilhão.

BTCR11: A distribuição de rendimentos referente ao mês de março/20 foi de R$ 0,40 por cota, o que representa um dividend yield de 0,45% no mês (cota base R$ 88,99). Não foram adquiridos novos CRI no último mês. O BTG Pactual, gestor do fundo, disse que suas operações em estruturação foram adiadas ou canceladas, tendo em vista o foco na proteção do patrimônio do cotista neste momento. Informou também que até o momento, nenhum dos papéis apresenta risco de inadimplemento.

VRTA11: Em seu relatório de março/20, o Fator Administração de Recursos (gestor), disse que finalizou a alocação dos recursos da 6ª emissão de cotas do fundo, fez aquisições de novos CRIs e também venderam CRIs que geraram ganhos para os cotistas nos próximos meses. O fundo fechou o mês com R$ 103,48 de cota patrimonial e R$ 105,40 de cota a mercado. Os dividendos de R$ 0,74 por cota renderam um dividend yield de 0,70% no mês (cota base R$ 105,40).

XPHT11: Em comunicado ao mercado, o fundo informou que 13 dos 14 empreendimentos investidos pelo XP Hotéis estão fechados em decorrência dos impactos causados pela crise do COVID-19. Portanto, em função do fechamento provisório dos hotéis do portfólio do fundo e do relevante impacto que o fechamento dos hotéis causará em seu resultado durante a crise, sua gestora não distribuirá rendimentos mensalmente e enquanto os hotéis permanecerem fechados. O documento ressaltou que este cenário será reavaliado recorrentemente pela gestora em contato com as administradoras dos hotéis do portfólio.

MFII11 informou aos seus cotistas e ao mercado em geral que foi apurado para distribuição o valor de R$ 2,99 por cota a ser distribuído como rendimento referente ao período de janeiro a março/20 e que, de forma a viabilizar um pagamento mensal, irá realizar o pagamento em 3 parcelas, sendo de: R$ 1,03 por cota aos cotistas detentores de cotas em 30 de abril/20 com pagamento em 15 de maio/20; R$ 1,01 por cota aos cotistas detentores de cotas em 29 de maio/20 com pagamento em 15 de junho/20; e R$ 0,95 por cota aos cotistas detentores de cotas em 30 de junho/20 com pagamento em 14 de julho/20.

ONEF11: A distribuição de rendimentos foi de R$ 0,62 por cota para março/20. Segundo o relatório do fundo, este valor de distribuição já contempla toda a receita dos conjuntos locados e da vacância dos conjuntos 71 e 72, sendo que 89% dos contratos de locação possuem renovatórias até o final do ano. A Rio Bravo (gestor) está acompanhando de perto o impacto que o atual do COVID-19 pode causar, tanto em cada um de seus locatários e dentro do condomínio, quanto no mercado de escritórios. Por este motivo, já definiu políticas e procedimentos internos, para analisar de maneira diligente e detalhada o possível impacto que a crise econômica e social pode trazer para a atuais locações e futuras revisionais. Além disso, essa diretriz dita as análises de oportunidades de locação que o fundo tem recebido nos conjuntos vagos desde o início do ano.

PQDP11: Conforme recomendação do Governo do Estado de São Paulo, O BTG Pactual (administrador) informou que o Shopping do fundo permanece temporariamente fechado. Com isso, optou por não realizar a antecipação mensal aos cotistas dos rendimentos do semestre relativa a maio/20, até que se tenha maior visibilidade quanto aos impactos no fluxo de caixa do Parque Dom Pedro Shopping. Esta medida está sendo reavaliada recorrentemente, visando proteger o patrimônio do fundo e dos cotistas, destacou o BTG.

ATSA11 e HPDP11 informaram a seus cotistas e ao mercado em geral que, em função dos impactos decorrentes da suspensão temporária das atividades do Shopping, em cumprimento às medidas de isolamento social decretas pelo Governo do Estado de São Paulo para conter o avanço da pandemia da COVID-19 e incertezas quanto ao resultado do fundo nos próximos meses, não haverá distribuição de rendimentos referente ao mês de abril/20. No entanto, ao final do semestre, será distribuído, no mínimo, 95% dos resultados auferidos no semestre, conforme determina a legislação vigente.

RBRP11 comunicou a aquisição dos conjuntos nº 61, 62, 63 e 64, do Condomínio Centro Empresarial Mário Garnero – Torre Sul, situado na Av. Brigadeiro Faria Lima nº 1.461, CEP 01.451-001, Pinheiros, São Paulo/SP. O valor total da aquisição do Imóvel é de R$ 8.400.000,00 equivalente a R$ 11.571 m², pago integralmente hoje (30). O Imóvel, no momento da aquisição, não possui contrato de locação vigente, de forma que a aquisição não gerará efeito imediato na distribuição de rendimento mensal.

RECT11 concluiu a aquisição de certificados de recebíveis imobiliários (CRI) de emissão da True Securitizadora S.A., pelo valor total de R$37,4 milhões. Após concluída a aquisição dos CRI, a distribuição de rendimentos do fundo deverá ficar em, aproximadamente, R$ 0,81 por cota por mês. Adicionalmente, o seu administrador informou que o fundo celebrou com a BM Empreendimentos, o “Instrumento Particular de Outorga de Opção de Compra e Venda de Bens Imóveis e Outras Avenças”, por meio do qual a BM Empreendimentos outorgou ao Fundo e este por sua vez outorgou à BM Empreendimentos, de forma exclusiva, a opção de comprar e a opção de vender, respectivamente, a partir da emissão do auto de conclusão das obras do Empreendimento Imobiliário (Habite-se), a integralidade dos Imóveis. O preço de exercício da opção de compra e venda foi definido no valor fixo não corrigido de R$ 53.389.380,00 e seu prazo para exercício é de até 30 dias a partir da efetiva averbação do “Habite-se” na matrícula dos Imóveis. A área bruta locável dos Imóveis é de 2.426,79 m².

Bruno Sperandio
Bruno Sperandio Autor

Engenheiro por formação, com mais de 7 anos de experiência no mercado de investimentos, trabalha com produção de conteúdo informativo e educacional para o mercado imobiliário brasileiro.




Comentários