Depois de 10 meses, HGCR11 reduz valores no rendimento de cotistas



Quer receber todas as notificações desse FII? Seguir FII Seguir Fundo

O fundo imobiliário CSHG Recebíveis Imobiliários FII - HGCR11 apresentou seus resultados  referentes ao último mês de novembro e, segundo destacou seu administrador Credit Suisse, na próxima sexta-feira, dia 13 de dezembro de 2019, será pago o valor de R$ 0,60 por cota referente aos rendimentos recebidos.

A administração do fundo informou que esse menor patamar de distribuição se deve à necessidade da gestão em adequar a distribuição de rendimentos do fundo ao cenário atual da taxa SELIC e também dos índices de inflação, visando estabelecer novo patamar de distribuição de rendimentos que seja, na visão da gestão, sustentável no médio prazo.

O fundo vinha distribuindo um valor de R$ 0,74 por cota desde janeiro deste ano.

Durante o mês, a cota ajustada do fundo em bolsa apresentou variação de -1,1%. No ano, a variação é de +14,6% e nos últimos 12 meses é de +19,5%.

No mês de novembro, com 100% de presença nos pregões, o fundo apresentou R$ 126,9 milhões em volume de negociação, com média diária de R$ 6,7 milhões.

Sobre suas aplicações, o fundo encerrou o mês com seu patrimônio líquido alocado em CRIs, LCI, cotas de FIIs e Renda fixa.

Como mostra a figura, o fundo é composto em sua maioria por investimentos em CRIs, sendo esse, seu objetivo principal de investimento de acordo com seu regulamento.

Esses recebíveis possuem garantias reais e estão distribuídos geograficamente da seguinte maneira.

Portfólio de CRIs do HGCR11

Diversificação por setor

 

O HGCR11, que possui cerca de 45 mil cotistas, tem por objetivo a realização de investimentos em títulos e valores mobiliários, priorizando os Certificados de Recebíveis Imobiliários (CRI), que atendam aos critérios definidos em sua política de investimentos.

A taxa de administração, hoje, é de 0,8% ao ano sobre o valor de mercado, além de uma taxa de performance de 20%. O fundo é dividido em 8.715.910 cotas e atualmente possui R$ 926 milhões em patrimônio.

Bruno Sperandio
Bruno Sperandio Autor

Engenheiro por formação, com mais de 7 anos de experiência no mercado de investimentos, trabalha com produção de conteúdo informativo e educacional para o mercado imobiliário brasileiro.




Comentários