Confira: Dividend Yield do JSRE11 é o menor dos últimos 12 meses

O Banco J. Safra S.A., administrador do JS Real Estate Multigestão FII (JSRE11), publicou na última sexta-feria, 14 de fevereiro de 2020, seu relatório gerencial referente aos últimos resultados do mês de janeiro.

No mês de janeiro, o JSRE11 distribuiu rendimentos de R$ 0,47 por cota. Para o fundo, esse valor representa um dividend yield (DY) de 0,38% sobre a cota de fechamento do mês anterior. Repare que seu DY é o menor dos últimos 12 meses.

jsre11

No mercado secundário, a variação do valor de mercado da cota foi de - 4,32%. Por outro lado, o ágio entre o valor de mercado e o valor patrimonial do JSRE11 fechou em 1,83%.

jsre11

No último dia 13 de fevereiro foi comunicado o encerramento da 7ª emissão de cotas do JSRE11, com captação de 100% do montante previsto para a oferta, totalizando R$ 748,3 milhões.

Segundo seu administrador, os recursos obtidos com a oferta serão destinados para prioritariamente:

  • A aquisição do Condomínio Tower Bridge Corporate (imóvel do TBOF11); e
  • O acesso a novas oportunidades de aquisição de ativos para a sua carteira.

Leia também: Após venda de imóvel, TBOF11 se prepara para ser liquidado

O JSRE11 é do tipo FII híbrido - Sua carteira apresenta uma estrutura bem diversificada

Com um patrimônio liquido de aproximadamente R$ 1,6 bilhões, a alocação dos ativos do JSRE11 se distribui de forma bem diversificada, atingindo os principais segmentos do mercado de investimentos imobiliários.  Veja como fica sua distribuição:

jsre11

A figura acima considera os ativos do JSRE11 em 31 de janeiro, antes da integralização das cotas da 7ª emissão em seu patrimônio.

Participação do JSRE11 no IFIX é de 3,1%

Em linhas gerais, o objetivo do IFIX é ser o indicador do desempenho médio das cotações dos fundos imobiliários negociados nos mercados de bolsa e de balcão organizado da B3.

É um índice de retorno total (contempla os dividendos distribuídos e a variação das cotações).

Em suma, o objetivo do IFIX é representar a performance média das cotações dos FIIs negociados na Bolsa de valores através de uma carteira teórica de ativos, tendo como principais critérios de elegibilidade:

  • Ser um dos ativos que atinge o volume de negociabilidade;
  • Estar presente em pelo menos 60% dos pregões nos últimos 12 meses;
  • Não ser um FII “Penny Stock” (cota com cotação inferior a R$ 1,00).

JSRE11 está entre os 10 FIIs mais negociados na bolsa de valores

JSRE11 é um fundo imobiliário do tipo híbrido. Seus investimentos podem ser compostos por todos os segmentos de investimento do mercado imobiliário.

Fundos híbridos são também conhecidos como fundos mistos pelo fato de obterem portfólios com grande diversificação de ativos.

O JS Real State Multigestão foi constituído em fevereiro de 2011 objetivando alcançar rendimentos oriundos das cotas de outros FIIs, ganho de capital nas negociações de cotas de FIIs e rendimentos dos CRIs, LCIs e LHs que venha a adquirir.

O JSRE11 é destinado a investidores em geral, possui uma taxa de administração de 1% ao ano e é cobrado também taxa de performance de 20% sobre os rendimentos que excederem 6% ao ano.

Bruno Sperandio
Bruno Sperandio Desenvolvedor de conteúdos

Formado em Engenharia de Produção pela FAACZ, com experiência de mais de 5 anos no mercado financeiro do Brasil. Investidor e desenvolvedor de conteúdos sobre o mercado imobiliário, economia e investimentos.

Comentários