Em 30 dias, XPLG11 apresenta valorização de 12,8% em suas cotas



Quer receber todas as notificações desse FII? Seguir FII Seguir Fundo

O XP LOG FII (XPLG11), que iniciou no mercado recentemente (junho de 2018), divulgou nesta segunda-feria, 09 de dezembro 2019, seu relatório de performance do último mês de novembro.

Segundo comentou a sua gestão (XP Vista) o fundo teve algumas importantes movimentações, destacando o alcance de uma ABL total de 624.866 m² com a aquisição do WTTP2 realizada em 05/11/2019, contribuindo para a diversificação do portfólio investido em termos de imóveis, de locatários e de regiões.

Distribuição de rendimentos do XPLG11 segue com baixa volatilidade

Em novembro, a distribuição de R$ 0,64 por cota, que será distribuída no próximo dia 13 de dezembro, corresponde a um dividend yield anualizado de 6,1% em relação ao valor da cota de mercado no fechamento do mês (R$ 125,60), ou um dividend yield anualizado de 7,6% se considerar o valor da última emissão (R$ 101,00).

A seguir, pode-se conferir a demonstração da composição do resultado financeiro e a distribuição por cota nos últimos 12 meses. Repare que o fundo segue em linearidade e baixa volatilidade na distribuição de seus rendimentos.

Mercado secundário e liquidez

Ocorreram 2.408.603 negociações no período, movimentando um volume de R$ 289,3 milhões. Sua liquidez média diária na bolsa foi de R$ 14,5 milhões e a cotação no mercado secundário fechou o período a R$ 125,60, valor 12,8% superior ao fechamento do mês de outubro (R$111,35).

Com 100% de presença nos pregões, o XP LOG já representa 1,4% no IFIX ( índice que representa a performance média das cotações dos FIIs negociados na bolsa de valores através de uma carteira teórica de ativos) e está entre os 20 fundos imobiliários mais negociados em bolsa.

O portfólio do XPLG11 está em constante crescimento

Com um patrimônio liquido de aproximadamente R$ 1,5 bilhão, seus investimentos são distribuídos majoritariamente em imóveis, sendo 96% aplicados em empreendimentos de galpões logísticos e os outros 4% em renda fixa e outras aplicações de caixa.

  • Empreendimentos (performados + em construção) - 13
  • Contratos de locação - 22
  • Empreendimentos em construção - 2
  • Inadimplência - 0%

Em sua distribuição geográfica, sua área bruta locável de 624.866 m² está alocada nos seguintes estados:

 

O XPLG11 é um fundo imobiliário do tipo tijolo que tem o objetivo de obter ganhos pela aquisição e exploração comercial de empreendimentos, especialmente na área logística e industrial.

Atualmente, o fundo conta com uma gestão ativa e uma de taxa administração de 0,95% - 0,75% ao ano (em regra de cascata conforme previsto no regulamento), e taxa de performance de 20% do que exceder o benchmark (IPCA + 6,0% ao ano).

Bruno Sperandio
Bruno Sperandio Autor

Engenheiro por formação, com mais de 7 anos de experiência no mercado de investimentos, trabalha com produção de conteúdo informativo e educacional para o mercado imobiliário brasileiro.




Comentários