06 de julho/20: Fechamento e principais destaques do dia

IFIX apresentou nesta segunda-feira (06), uma desvalorização de 0,38%, fechando o dia aos 2.802,41 pontos. No acumulado deste mês de julho e ano de 2020, a variação do índice é de -0,13% e -12,30%, respectivamente.

fechamento fiis 06-07

Mercado de FIIs: Principais destaques e notícias do dia

BTLG11 (Tijolo/Galpões) informou que não houve atualização do preço da cota na 8ª emissão

Fundo informou no dia 03 de julho/20 que não houve atualização do preço de subscrição e integralização em sua 8ª emissão de cotas, permanecendo no valor de R$ 102,76, dos quais R$ 100,00 equivalem ao preço de emissão e R$ 2,76 ao custo unitário de distribuição.

Para mais informações relacionadas ao exercício do direito de preferência, do direito de subscrição de sobras e montante adicional das novas cotas e da oferta, os cotistas devem consultar o documento (fato relevante) divulgado pelo BTG Pactual (administrador) em 12 de junho/20.

 

CVBI11 (Papel/CRI): Taxa de performance vai ser paga em parcelas para gestor

A gestora - VBI Real Estate - decidiu de forma voluntária receber em parcelas a taxa de performance apurada no 1º semestre/20 e que deveria ser paga integralmente em julho/20.

O valor da taxa de performance para o período é de R$ 1.177.011,39 e será paga em 6 parcelas mensais iguais, com a primeira parcela a ser paga em julho/20. A decisão da gestora visa manter previsibilidade e alinhamento nas próximas distribuições aos cotistas do fundo.

 

BBPO11 (Tijolo/Bancário): Valor patrimonial reduz 0,54%

Fundo comunicou que realizou a reavaliação dos imóveis de sua carteira considerando o laudo de avaliação realizado pela empresa Consult.

Como resultado, o valor justo que deve ser utilizado para marcação da carteira (valor patrimonial) é de R$ 1.494.269.644, resultando em um valor 0,54% inferior ao valor contábil do laudo anterior.

 

CXCE11B (Tijolo/Escritórios): Desdobramento de cotas do fundo de 1 para 25 será no dia 20 de julho/20

A Caixa Econômica Federal administradora informou que foi aprovado por meio de consulta formal realizada em 24 de junho/20 o desdobramento de cotas do fundo na proporção de 1:25, de forma que cada 1 cota do CXCE11B passará a corresponder a 25 cotas.

Assim, após o desdobramento, o total de cotas passará a ser de 1.712.950 cotas, com a consequente alteração do valor base de cada cota, na mesma proporção, permanecendo inalterado o somatório do valor das referidas cotas.

A posição de cotistas considerada para o desdobramento das cotas será 17 de julho/20. Com isso, a partir de 20 de julho/20, as cotas serão negociadas na forma desdobrada. As cotas resultantes do desdobramento serão creditadas aos cotistas em 22 de julho/20.

 

FEXC11 (Papel/CRI): Dividendo de 0,73% no mês - Destaques de Junho

  • A distribuição de rendimentos foi de R$ 0,80 por cota, o que representa um dividendo de 0,73%, cota base R$ 108,60.
  • O valor patrimonial do fundo fechou o mês em R$ 241,25 milhões, ou R$ 98,73 por cota, enquanto o valor de mercado fechou em R$ 254,23 milhões.
  • No mercado secundário, o volume médio diário de negociação foi de R$ 182,71 mil.
  • O portfólio do fundo é composto por CRI (88%), Renda fixa e LCI (10%) e cotas de FIIs (2%).
  • A rentabilidade da cota foi de 2,82% no mês.

 

VSHO11 (Tijolo/Shopping): Suspensão de atividades

A Votorantim, administrador do fundo, informou que o Shopping Hortolândia, em cumprimento ao decreto municipal estabelecido em de 5 de julho/20 suspende as atividades a partir de hoje 06/07/20 e deverão perdurar enquanto a classificação do Município estiver na “Fase de Modulação 1 – Fase Vermelha”, do “Plano São Paulo”. Fica permitida a manutenção do serviço de entrega de refeições e lanches, seja por meio de aplicativos de entrega, seja por meio de entrega direta pelo Drive Thru e operação do supermercado Tenda.

O Shopping Valinhos, localizado em Valinhos, em cumprimento ao Decreto Municipal nº 10.433, de 15 de Junho de 2020, permanece suspenso de suas atividades. Fica permitida a manutenção do serviço de entrega de refeições e lanches, seja por meio de aplicativos de entrega, seja por meio de entrega direta e das operações: farmácia Drogasil, supermercado Carrefour e entregas pelo Drive Thru.

 

XPHT11 (Tijolo/Hotéis): Mais 4 hotéis do fundo retomaram suas atividades

Fundo informou que as atividades dos hotéis Ibis São Paulo Barra Funda, Novotel POA Aero, Ibis Budget Blumenau e Ibis Chapecó foram retomadas neste dia 06 de julho/20.

Com isso, o XPHT11 passa a ter 8 de 14 hotéis em funcionamento.

A XP Vista, gestor, ressaltou que ainda não é possível estimar quando todos os hotéis do portfólio do retomarão suas atividades, uma vez que o país ainda sofre com as consequências da disseminação do COVID-19 e busca contê-las, por meio da adoção de políticas de isolamento horizontal. Mencionou também que diversos municípios estão iniciando a execução de um plano de reabertura econômica gradual e cuidadosa, trazendo novas perspectivas para o setor. Por fim, esclareceu que os hotéis em operação também incorrem no risco de suspensão das atividades caso a realidade local e suas autoridades recuem no plano de reabertura.

 

UBSR11 (Papel/CRI): Ativos possuem lastro imobiliário distribuídos principalmente em 14 estados brasileiros - Destaques de junho

  • Em 14 de julho/20, referente ao resultado do mês de junho, o UBSR11 distribuirá um rendimento de R$ 0,70 por cota (Dividendo 0,69%, cota base R$100,70).
  • O resultado do mês reflete em especial a manutenção de um elevado percentual de recursos alocados em CRIs. Os CRIs que compõem o portfólio foram emitidos por 10 diferentes securitizadoras.
  • O fundo encerrou o mês com 95,1% de seus recursos alocados em CRIs, distribuídos em 50 operações. Os CRIs possuem lastro imobiliário distribuídos principalmente em 14 Estados brasileiros e o Distrito Federal. A maior concentração encontra-se no estado de São Paulo.
  • A rentabilidade da cota foi de 2% no mês.
  • No mercado secundário, o volume médio diário em negociação foi de R$ 2,07 milhões.

Bruno Sperandio
Bruno Sperandio Autor

Engenheiro por formação, com mais de 7 anos de experiência no mercado de investimentos, trabalha com produção de conteúdo informativo e educacional para o mercado imobiliário brasileiro.

Comentários