FII de Hospital: 5 fundos que investem na "Preservação da Vida"

Estamos vivendo um momento em que os fundos imobiliários representam umas das principais aplicações financeiras no BRASIL.

A indústria imobiliária é uma excelente forma de investimento à muitos anos. Não é de hoje que sabemos que comprar um imóvel/terreno para alugar/vender é uma excelente forma de gerar renda.

No entanto, a forma de adquirir um imóvel nos dias de hoje se tornou muito mais fácil e acessível através do FIIs. Além de não precisar de muito recurso para começar, o investidor não tem nenhum tipo de burocracia para construir seu patrimônio, basta apenas comprar cotas de FIIs na bolsa de valores brasileira (B3).

Neste conteúdo vamos apresentar os FIIs que investem em hospitais, empreendimentos que são muito necessários e essenciais enquanto a vida existir.

FIIs de hospital: Informações importantes do segmento

  • No cardápio de aproximadamente 250 fundos imobiliários negociados em bolsa, apenas 5 investem no segmento de hospitais.
  • Geralmente com prazos de locação atípicos, média 10 anos ou mais, a receita gerada pelo imóvel, bem como os rendimentos desse tipo de fundo, tende a variar de um mês para o outro, conforme a movimentação e atendimentos do hospital.
  • Hospitais com maior demanda de cirurgias, partos e internações em unidades de tratamentos intensivos (UTI) tendem a ser mais rentáveis do que tratamentos simples e atendimentos de pronto socorro, por exemplo.
  • No que diz respeito a sua infraestrutura, essas propriedades tem características bem específicas, podendo não oferecer adaptações para outro segmento imobiliário, caso um locatário saia e não encontre outro do mesmo setor.
  • Outro detalhe importante para ficar atento e analisar é o histórico do locatário. Inquilinos inadimplentes neste setor, caso necessite despejar por falta de pagamento dos aluguéis, tribunais tendem a reconhecer que um hospital desenvolve função essencial para a sociedade e não deve ser despejado. Além disso, despejar um hospital significa um grande risco de imagem para o administrador do fundo.
  • Hospitais bem administrados tendem a gerar grandes resultados, pois, seu principal "produto" é a vida.

5 FIIs de hospital listados em bolsa

Hospital da Criança (HCRI11)

Hospital pediátrico em funcionamento desde 1998, construído pelo Grupo NSL - Hospital Nossa Senhora de Lourdes. O prédio, com área total construída de 5.518,20 m², possui 90 leitos, maternidade, centro cirúrgico e unidade de tratamento intensivo, enfermarias etc.. O Instituto de Especialidades Pediátricas de SãoPaulo S/A é o locatário do imóvel. Nos últimos 12 meses, a variação da cota é positiva em 28,26%.

hcri11

Hospital Unimed Sul Capixaba (HUSC11)

O FII Hospital Unimed Sul Capixaba é um fundo de desenvolvimento que tem por objetivo a construção e exploração comercial, na modalidade BTS, de um hospital de média e alta complexidade locado a para a Unimed Sul Capixaba e localizado em Cachoeiro de Itapemirim (ES).

A Unimed, principal operadora de saúde do sul do Estado do Espírito Santo, desenvolveu um projeto de expansão da sua infraestrutura hospitalar para se adequar ao déficit de atendimento hospitalar em sua região de atuação e à expectativa de crescimento na demanda por serviços de média e alta complexidade. Nos últimos 12 meses, a variação da cota é de negativos 8,18%.

husc11

HUSI FII (HUSI11)

Com investimento de aproximadamente R$ 100 milhões, o novo hospital de alta complexidade terá 26 mil m² de área construída. No último dia 13 de maio, a Unimed Salto na cidade de Itu-SP iniciou as obras do novo hospital. O FII iniciou suas negociações em bolsa no dia 05 de março/20.

O objetivo do HUSI11 é proporcionar valorização e rentabilidade no longo prazo, por meio da realização do projeto e da construção de um empreendimento imobiliário com destinação hospitalar e locação atípica do ao Locatário na modalidade Built to Suit.

hosi11

Hospital Nossa Senhora de Lourdes (NSLU11)

Proprietário da totalidade do empreendimento denominado Hospital e Maternidade Nossa Senhora de Lourdes, recentemente renomeado como Rede D’OR São Luiz S.A. – Unidade Jabaquara, localizado na região do Jabaquara em São Paulo.

A unidade foi fundada em 1958 como Hospital Nossa Senhora de Lourdes, que foi adquirido pela Rede D’Or São Luiz em Abril de 2012. É referência na qualidade assistencial e no cuidado da saúde na região sul da capital paulista. Nos últimos 12 meses, a variação da cota é de positivos 4,19%.

NSLU11

Novo Horizonte (NVHO11)

Presente em São Paulo desde 1938, foi fundado inicialmente no Itaim Bibi para ser uma policlínica com 12 leitos. Na década de 60 inaugurou suas atividades como hospital geral e maternidade. Em 2010, passou a integrar a Rede D’Or São Luiz, rede independente de hospitais do Brasil. Nos últimos 12 meses, a variação da cota é de negativos 60,15%.

nvho11

Coloque os FIIs de hospitais em seu radar. Esse segmento não costuma ser afetado por ciclos de mercado, afinal pessoas não escolhem se vão nascer ou adoecer em momentos de crise ou de expansão da economia.

Informações divulgadas em 25 de junho de 2020.

Bruno Sperandio
Bruno Sperandio Desenvolvedor de conteúdos

Formado em Engenharia de Produção pela FAACZ, com experiência de mais de 5 anos no mercado financeiro do Brasil. Investidor e desenvolvedor de conteúdos sobre o mercado imobiliário, economia e investimentos.

Comentários