02 de setembro/20: fechamento e principais destaques do dia



IFIX apresentou nesta quarta-feira (02), uma valorização de 0,29%, fechando o dia aos 2.782,69 pontos. No acumulado do mês de setembro e ano de 2020, a variação do índice é de +0,02% e -13,00%, respectivamente.

Mercado de FIIs: principais destaques e notícias do dia

BPML11: FII de Shopping do BTG já opera com 100% de seus ativos abertos

  • Seu gestor - BTG Pactual - destacou que no mês de agosto houve a reabertura dos dois últimos ativos que ainda permaneciam fechados, onde no dia 07 foi liberado para o funcionamento o Shopping Contagem (MG) e no dia 15, o Shopping Capim Dourado, em palmas (TO). Com isso, o BPML opera com 100% do seu portfólio aberto, no entanto, ainda obedecendo as restrições de horário de funcionamento.
  • Em agosto não houve nenhuma alteração na composição do portfólio de shoppings do BPML11, sendo que a carteira permanece com 7 ativos, dos quais 3 estão alocados em sociedade de propósito específico (SPE).
  • Nos rendimentos, em agosto, o fundo teve o encerramento da distribuição do primeiro semestre de 2020. No entanto, em decorrência dos impactos sofridos pela crise pandêmica, não tiveram sobra de resultado acumulado a ser distribuído no mês, sendo que todo resultado acumulado apurado no semestre já havia sido antecipado aos cotistas.
  • Em relação ao comportamento da cota no mercado secundário da B3, o BTG Pactual Shoppings apresentou negociações em 100% dos pregões no mês, transacionando cerca de R$ 1,14 milhão. A cota valorizou 3,3%.

 

KNRI11 em agosto: resultados do maior FII do índice da bolsa de valores

  • Durante o mês, o fundo híbrido da Kinea Investimentos (gestor) manteve sua taxa de vacância em 5,9% pelo motivo de não ter ocorrido nenhuma movimentação na carteira de inquilinos.
  • Seu patrimônio (R$ 3,7 bilhões) também se manteve, fechando o mês com uma parcela alocada em ativos de liquidez (R$ 480 milhões) e o restante permanece composto por 19 propriedades, sendo 10 edifícios comerciais (escritórios corporativos) e 9 centros logísticos (galpões), o que demonstra, de acordo com seu gestor, o equilíbrio entre a tipologia de logística e de escritório, concedendo maior previsibilidade e menor volatilidade no fluxo de receitas de aluguel.
  • No mercado secundário da B3, foram movimentados um total de 659.448 cotas do KNRI11, equivalentes a cerca de 2,8% do seu total de cotas. Com isso, o volume médio diário de negociações somou cerca de R$ 5 milhões e sua cota obteve uma variação positiva de 4,8% no mês, partindo de R$156,82 em 31 de julho, para R$ 164,39 em 31 de agosto.
  • Nos rendimentos, o valor que será distribuído pelo fundo referente ao mês de julho, cujo pagamento ocorrerá em 15 de setembro/20, será mantido em R$0,65 por cota, representando um dividendo de 0,39% para o mês (cota base R$ 164,39).
  • Por fim, a Kinea ressaltou que continua monitorando a carteira de inquilinos de forma a se antecipar a eventuais impactos que o prolongamento da crise do coronavírus possa exercer sobre o fluxo de recebimentos do Kinea Renda Imobiliária.

 

BRCR11: resultados do "FII mais rico" do seu segmento

  • Com o relaxamento das medidas restritivas impostas pela pandemia, as visitas aos imóveis vagos do fundo tiveram um aumento considerável, tanto em São Paulo, como no Rio de Janeiro.
  • O patrimônio do BRCR11 (R$ 2,8 bilhões) - também conhecido como BC Fund - fechou o mês alocado em 13 edifícios corporativos localizados nos estados do Rio de Janeiro e São Paulo, com inquilinos distribuídos em 73 contratos de locação.
  • Em relação aos rendimentos, o valor distribuído pelo fundo cujo pagamento ocorreu no dia 14 de agosto, foi de R$0,46 por cota, representando um dividendo de 0,51% para o mês (cota base R$ 90,20).
  • As cotas do BRCR11 foram negociadas em 100% dos pregões com volume médio diário de aproximadamente R$ 6,3 milhões. Com isso, sua cota obteve uma variação negativa de 4,3% no mês, partindo de R$ 91,00 em 31 de julho, para R$ 87,08 em 31 de agosto.

 

VVPR11 (Tijolo/Escritórios) passa a ser destinado ao público em geral a partir de hoje (02)

  • O V2 Properties, fundo administrado pelo BTG Pactual, informou que a partir de hoje (2 de setembro/20), passa a permitir a negociação de suas cotas para o público em geral.
  • O VVPR11 era destinado apenas para investidores qualificados e profissionais.

 

IFIE11: início de negociação no mercado já tem data marcada

  • A B3 informou que na próxima sexta-feira (04 de setembro/20) serão iniciados, no mercado de bolsa, os negócios com as cotas do IFI-E Inter Fundo de Investimento Imobiliario - FII
  • Na 1ª emissão de cotas encerrada nessa terça-feira, 01 de setembro/20, foram subscritas e integralizadas 900.494 cotas, ao preço de R$ 100,00 por cota. O valor total da oferta foi de R$ 90.049.400,00.
  • Destinado a investidores em geral, o objetivo do IFIE11 será adquirir cotas de FIIs (Ativos) pertencentes à carteira teórica do índice de referência IFI-E no Banco Inter.
  • O IFI-E é um índice que mede o retorno total de uma carteira teórica formada por FII classificados na categoria ANBIMA “FII de Renda”, presentes no “Índice de Fundos de Investimento Imobiliário (IFIX)”, e composto pelos 30 maiores FIIs de acordo com o valor de mercado das cotas disponíveis à negociação.

 

XPPR11 (Tijolo/Escritórios): rescisão parcial de contrato vai render R$0,04/cota para o fundo

  • Fundo divulgou que seu locatário Qualicorp Administração e Serviços LTDA do “Condomínio Evolution Center” decidiu rescindir parcialmente seu contrato de locação.
  • A locatária, portanto, efetuou o pagamento da multa por rescisão antecipada e demais penalidades previstas no contrato, no valor de R$ 158.945,85, equivalente a aproximadamente R$ 0,04 por cota.
  • A rescisão gerará uma diminuição de aproximadamente 4,5% nos recebíveis do XPPR decorrentes das locações atualmente vigentes.
  • Por último, o documento ressaltou que a Qualicorp continuará locando as unidades autônomas de números 1701, 1702, 1703 e 1704 sem qualquer alteração nos termos e condições do contrato.

 

VCJR11 (Papel/CRI): alteração do público alvo foi aprovado em assembleia

  • A assembleia geral de cotistas realizada em 31 de agosto/20 aprovou a alteração do público alvo do fundo, que passa a permitir a negociação das cotas entre investidores em geral, e não mais apenas entre investidores qualificados.

 

KNCR11 (Papel/CRI): carteira permanece adimplente em suas obrigações - Destaques de agosto

  • Ao fim de agosto, o Kinea Rendimentos imobiliários apresentava alocação em CRI de aproximadamente 93,4% de seu patrimônio. A parcela remanescente, de 6,6%, está alocada em instrumentos de caixa. A carteira de ativos do fundo permanece adimplente em suas obrigações.
  • Os rendimentos referentes a agosto, cuja distribuição ocorrerá no dia 14/09/2020, serão de R$ 0,27 por cota e representam uma rentabilidade equivalente a 161% da taxa DI, isenta do imposto de renda para pessoas físicas, considerando a cota da oitava emissão, de R$ 104,30. Para a data base (31 de agosto/20) o valor representa um dividendo de 0,30%, cota base R$ 89,27.
  • No mercado secundário, foi transacionado um volume de R$ 68,76 milhões, correspondendo há uma média de aproximadamente R$ 3,27 milhões por dia.

 

KNIP11 (Papel/CRI): cotas do 2º maior fundo do IFIX movimentaram cerca de R$ 3 milhões por dia - Destaques de agosto

  • Ao final de agosto, o Kinea Índices de Preços apresentava alocação em CRI equivalente a 92,7% do seu patrimônio. A carteira de ativos do Fundo permanece adimplente em suas obrigações.
  • Os rendimentos, cuja distribuição ocorrerá no dia 14/09/2020, serão de R$ 0,75 por cota e representam uma rentabilidade, isenta do imposto de renda para as pessoas físicas, de 0,66% considerando a cota média da 5ª emissão, de R$ 113,94, equivalente a 409% da taxa DI do período.
  • O Fundo se encontra em processo de distribuição das cotas da sua 6ª Emissão.
  • No mercado secundário, suas cotas transacionaram um volume de R$ 65,8 milhões, correspondendo há uma média de aproximadamente R$ 3,14 milhões por dia.

 

Ainda em dúvida se um determinado FII é o ideal para sua carteira neste momento? Baixe gratuitamente nosso checklist e faça sua análise.

Bruno Sperandio
Bruno Sperandio Autor

Engenheiro por formação, com mais de 7 anos de experiência no mercado de investimentos, trabalha com produção de conteúdo informativo e educacional para o mercado imobiliário brasileiro.




Comentários