05 de agosto/20: Fechamento e principais destaques do dia



IFIX apresentou nesta quarta-feira (05), uma valorização de 0,23%, fechando o dia aos 2.720,52 pontos. No acumulado do mês de agosto e ano de 2020, a variação do índice é de -0,46% e -15,25%, respectivamente.

fiis noticias

Mercado de FIIs: Principais destaques e notícias do dia

MFII11: FII focado em desenvolvimento calcula ganhos até 2028

Focado no segmento de desenvolvimento imobiliário, o MFII11 iniciou suas atividades em março de 2013 com o objetivo principal de adquirir participações em empreendimentos imobiliários desenvolvidos em parceria com incorporadoras, com atuação ativa e monitoramento de ativos.

Com um patrimônio líquido de R$ 280,5 milhões, seu portfólio atualmente é composto por ativos distribuídos nas regiões sudeste e nordeste do Brasil, sendo: 11 concluídos; 6 em pré-lançamento; 4 em obras; e 1 empresa loteadora.

Nos rendimentos de julho, o valor distribuído pelo fundo cujo pagamento vai ocorrer no dia 14 de agosto, é de R$0,96 por cota, representando um dividendo de 0,78% para o mês (cota base R$ 123,10).

No mesmo período, as cotas do MFII11 registraram uma desvalorização de 1,6%, partindo de R$125,20 em 30 de junho, para R$123,10 em 31 de julho.

 

HGLG11 (Tijolo/Galpões) segue aumentando seu portfólio de ativos

Fundo informou que realizou no dia 04 de agosto/20, o pagamento no valor de R$ 12.648.872,13 como adiantamento da parcela do conjunto de galpões logísticos localizados na cidade de Extrema, estado de Minas Gerais. Com isso, o HGLG11 passa a receber 86,3% das receitas de locação dos imóveis, equivalente ao valor de R$ 589.524,63 (Cerca de R$ 0,05/cota).

Além disso, neste mesmo dia o fundo também firmou um contrato por meio do qual se comprometeu a adquirir a totalidade das ações de duas sociedades de propósito específico (SPE), detentoras dos seguintes imóveis logísticos:

  • Ativo logístico multiusuário com área bruta locável de aproximadamente 60 mil m², localizado na região sudeste, no valor de R$ 150 milhões a um cap rate aproximado de 8,1%;
  • Ativo logístico monousuário com área bruta locável de aproximadamente 63 mil m², localizado na região sudeste, no valor de R$ 192,2 milhões a um cap rate aproximado de 8,8%.

Com a assinatura do contrato, o fundo transferiu ao vendedor dos ativos, a título de sinal e princípio de pagamento, o valor de R$ 60 milhões, fazendo uso dos recursos disponíveis no caixa do fundo. O saldo remanescente será pago quando da conclusão do negócio, que está condicionada a determinadas condições precedentes a serem cumpridas pelo vendedor dos ativos e pelo fundo.

 

TRXB11 vai iniciar suas negociações no mercado secundário da B3

A B3 informou que em 6 de agosto/20 serão iniciados, no mercado de bolsa, os negócios com as cotas subscritas e integralizadas do TRX REAL ESTATE II. O nome de pregão será (FII TRX R II) e o código de negociação será TRXB11 (Código ISIN BRTRXBCTF002).

Na primeira emissão de cotas encerrada em 28/07/2020, foram subscritas e integralizadas 2.501.419 cotas, ao preço de R$ 101,60 por cota, sendo o valor total da oferta de R$ 254.144.170,40. O FII TRX R II é destinado a investidores em geral.

 

TRXF11 (Híbrido): número de investidores registrou um crescimento de 227% - Destaques de julho

No dia 31 de julho/20, o fundo registrou um aumento de 227% em seu número de cotistas, fechando o mês de julho com cerca de 5,3 mil investidores.

No dia 16, foi comunicado o encerramento da 2ª emissão de cotas, com captação total de R$ 236.233.675,20.

No dia 22, foi comunicada a conclusão da aquisição e posterior locação de mais 16 imóveis ao Pão de Açúcar e ao Assaí por 15 anos na modalidade Sale and Leaseback. Nesse mesmo dia, foi divulgado Fato Relevante sobre o início da 3ª emissão de cotas do Fundo com montante total de até R$ 200 milhões.

Nos rendimentos, o valor distribuído pelo fundo cujo pagamento vai ocorrer no dia 14 de agosto, é de R$0,65 por cota, representando um dividendo de 0,63% para o mês (cota base R$ 104,67).

No mesmo período, as cotas do TRXF11 foram negociadas em 100% dos pregões com volume médio diário de aproximadamente R$ 1,9 milhões, registrando uma valorização de 2,1%, partindo de R$102,50 em 30 de junho, para R$ 104,67 em 31 de julho.

A TRX, gestora do fundo, disse que não cobrará taxa de gestão nesses próximos 2 meses (agosto/setembro) e até que o patamar de distribuição volte para o mínimo de R$ 0,64 por cota. Além disso, a TRX parcelou em 6 parcelas iguais à taxa de performance a que tinha direito em relação ao 1º semestre/20, sendo que o primeiro pagamento foi realizado no mês de julho e o último será em janeiro/21.

O patrimônio do TRXF11 fechou o mês acumulando um patrimônio próximo de R$ 417 milhões, alocado em cotas do FII TRXB11 (19,5%), 32 imóveis dos setores logístico e varejo distribuídos em 11 estados brasileiros (75%) e ativos de renda fixa (5,5%).

 

XPLG11 (Tijolo/Galpões) vai apresentar os resultados do 2º trimestre de 2020

A XP Vista Asset, gestora do XP Log (XPLG11), informou que vai apresentar os resultados do fundo referentes ao segundo trimestre de 2020 (2T20) no próximo dia 13 de agosto. Veja mais informações na página do fundo em nosso site, na seção “atualizações do XPLG11” em Comunicado não Fato Relevante - 04/08/2020.

 

TORD11 (Híbrido) esclarece valores de 2ª emissão de cotas

A Vórtx, administrador, revalidou a informação divulgada no fato relevante divulgado em 28 de julho/20, cujo objetivo era tratar sobre a 2ª emissão de cotas do fundo.

A administradora informou que no fato relevante já mencionado, constou o valor de R$10,59 como preço de emissão por cada nova cota da 2ª emissão, observado que tal valor não incluía a taxa de distribuição primária. Ocorre que o valor informado da nova cota já considerava o valor final a todos os investidores da oferta, tendo em vista que os custos da oferta serão arcados diretamente pelo fundo.

 

Ainda não sabe como investir em Fundos Imobiliários? Através deste minicurso gratuito você vai aprender como investir em FIIs e como identificar as melhores oportunidades do mercado.

Bruno Sperandio
Bruno Sperandio Autor

Engenheiro por formação, com mais de 7 anos de experiência no mercado de investimentos, trabalha com produção de conteúdo informativo e educacional para o mercado imobiliário brasileiro.




Comentários