Fundo de shoppings XPML11 adquire R$120 milhões em recebíveis imobiliários



Quer receber todas as notificações desse FII? Seguir FII Seguir Fundo

O BTG Pactual, administrador do fundo imobiliário XP MALLS - XPML11 - informou ao mercado ontem, 10 de dezembro de 2019, que adquiriu R$ 120 milhões em certificados de recebíveis imobiliários (CRIs) com prazo de 10 anos e remuneração de 100% do CDI.

Os recursos serão usados para o pagamento de custos e despesas relacionados a aquisição de terrenos e construção de empreendimento comercial de altíssimo padrão na Avenida Brigadeiro Faria Lima, na cidade de São Paulo com cerca de 12.800 m² de área comercializável (Projeto).

Segundo o informativo, após concluído o empreendimento, esses CRIs serão liquidados e os recursos decorrentes serão utilizados para aquisição de participação nesse projeto.

No entanto, dado que o desenvolvimento desse projeto e a existência de condições precedentes ainda estão em processos preliminares de formação, a administradora ressaltou que conforme houver avanço, detalhes maiores serão informados no momento certo ao mercado.

Sobre o XP Malls - XPML11

O XP Malls é um fundo imobiliário do tipo tijolo que foi constituído em setembro de 2017 com o objetivo principal de obter renda através da aquisição e exploração imobiliária de shopping centers.

Atualmente, sua carteira de ativos está comporta por 12 empreendimentos, todos em cidades relevantes do país e geridos por empresas renomadas do setor:

  • 49,99% do Catarina Fashion Outlet (JHSF);
  • 16,99% do Shopping Cidade Jardim (JHSF);
  • 8,00% do Shopping Cidade São Paulo (CCP);
  • 30,00% do Cidade Jardim Shops (JHSF);
  • 15,00% do Santana Parque Shopping (Aliansce Sonae);
  • 10,00% do Plaza Sul Shopping (Aliansce Sonae);
  • 45,00% do Natal Shopping (Ancar Ivanhoe);
  • 35,00% do Caxias Shopping (Aliansce Sonae);
  • parte dos blocos 5, 7 e 17 do Downtown-RJ (Ancar Ivanhoe);
  • 24,99% do Shopping Bela Vista (JHSF);
  • 25,00% do Parque Shopping Belém (Aliansce Sonae); e
  • 39,99% do Shopping Ponta Negra (JHSF).

Com uma gestão ativa feita pelo XP Vista, o fundo possui um patrimônio de R$ 1,7 bilhões e uma taxa de administração de 0,55 ao ano adicionado a uma performance de 20% do que exceder o benchmark (IPCA +  6% ao ano).

O XPML11 está configurado entre os 3 maiores fundos imobiliários da bolsa de valores em termos de quantidade de cotistas, dado que atingiu o expressivo número de 136 mil no final de novembro.

Bruno Sperandio
Bruno Sperandio Autor

Engenheiro por formação, com mais de 7 anos de experiência no mercado de investimentos, trabalha com produção de conteúdo informativo e educacional para o mercado imobiliário brasileiro.




Comentários