FVBI11 - Cotistas rejeitam proposta de compra do seu único ativo

O BTG Pactual divulgou hoje (11), que o os cotistas do fundo imobiliário FII VBI FL 4440 - FVBI11 rejeitaram a proposta de compra do seu único imóvel. Entenda como aconteceu.

Assembleia foi adiada

A assembleia para falar do assunto estava marcada para o último dia 1º. No entanto, ela foi suspensa e remarcada para o dia 08 de novembro (sexta-feira) por decisão da unanimidade dos cotistas presentes, que não eram impedidos de votar.

Sendo remarcada, a assembleia então contou com a presença dos cotistas que representavam 49% do total das cotas emitidas, porcentagem essa, conforme a lista de presença da administradora.

Em suma, a proposta era a venda do único imóvel para a posterior liquidação do fundo.

Sobre o imóvel

O FVBI11, administrado pela BTG Pactual, tem a propriedade de 50% do Edifício Faria Lima 4.440, na  Av. Faria Lima, um dos endereços mais movimentado de São Paulo. O edifício possui 22 mil m², tem 15 andares e quase 600 vagas de garagem.

Preço da venda

O comprador seria o BR Properties, companhia aberta, com sede na cidade de São Paulo. O preço de aquisição seria de R$ 310.674.000,00, correspondente a aproximadamente R$ 28.100,38 por metro quadrado.

Proposta rejeitada pelos cotistas

Na assembleia, quando foi colocado em votação a proposta de venda do imóvel, os cotistas, mediante votos contrários à venda, representando 43,08% das cotas emitidas, rejeitaram a venda do seu imóvel. As abstenções de voto foram equivalentes a 3,96% das cotas emitidas e os votos favoráveis à aprovação foram correspondentes a 5,96% .

Logo, tendo em vista a rejeição da venda do imóvel, o fundo continuará com suas operações normais, conforme esclareceu o documento de convocação.

O FVBI11 é um fundo imobiliário do tipo tijolo que foi constituído em setembro de 2010. Seus investimentos são direcionados em propriedades comercias do segmento de escritórios, é administrado pela BTG Pactual Serviços Financeiros, possui uma gestão passiva e uma taxa de administração de 0,17% ao ano.

BR Properties também se manifestou

A BR Properties, através de um fato relevante divulgado no dia de hoje, também informou ao mercado sobre a decisão tomada pelos cotistas do FVBI11.

Por meio de um fato relevanto, a companhia informou aos seus acionistas e ao mercado em geral que foi comunicada pelo BTG Pactual (administradora do FVBI11), sobre a não aprovação da alienação de 50% do Edifício Faria Lima 4440, único imóvel de titularidade do fundo em questão, conforme já mencionado anteriormente.

A companhia reforçou que a decisão foi tomada pelos cotistas do fundo, reunidos na assembleia geral extraordinária ocorrida em 1º de novembro e reinstalada no último dia 8 de novembro.

No mesmo comunicado, a BR Properties esclareceu que a não concretização da transação não produzirá efeitos relevantes na sua performance financeira e operacional.

Bruno Sperandio
Bruno Sperandio Desenvolvedor de conteúdos

Formado em Engenharia de Produção pela FAACZ, com experiência de mais de 5 anos no mercado financeiro do Brasil. Investidor e desenvolvedor de conteúdos sobre o mercado imobiliário, economia e investimentos.

Comentários