FVBI11 - Fundo coloca seu único imóvel à venda e pode ser encerrado

O BTG Pactual divulgou no dia de hoje (08) o relatório com informações referentes aos últimos resultados do fundo imobiliário FII VBI FL 4440 - FVBI11.

O FVBI11, administrado pela BTG Pactual, tem a propriedade de 50% do Edifício Faria Lima 4.440 na  Av. Faria Lima, um dos endereços mais movimentado de São Paulo. O edifício possui 22 mil m², tem 15 andares e quase 600 vagas de garagem.

O Fundo pode ser encerrado - Entenda

O fundo FII VBI FL 4440 pode ser encerrado. Segundo nota divulgada no último dia 25 de abril, foi aprovada em assembleia a autorização para a administradora vender os ativos do fundo e, para comandar o processo, também foi aprovada a contratação da CBRE Consultoria do Brasil Ltda, como empresa especializada para o início do processo de venda.

Entretanto, no dia 06 de maio, a administração informou sobre a formalização da decisão da CBRE se ausentar do processo de venda do referido imóvel. Com isso, a administradora iniciou o processo de concorrência para contratar uma outra empresa especializada para conduzir a venda do imóvel e, após finalizado o processo de concorrência, convocar uma nova assembleia para aprovar tal contratação.

As empresas listadas para intermediar a venda do imóvel do fundo foram:

  • Colliers International
  • Cushman & Wakefield
  • Jones Lang LaSalle Corretagem e Transações Imob. Ltda
  • Newmark Grubb Brasil

Em assembleia realizada no dia 2 de julho foi aprovada, com isso, a contratação da Newmark Grubb Brasil para intermediar a venda do imóvel do fundo, nos termos da proposta divulgada. Mas, a administradora do fundo e os cotistas ainda não aceitaram nenhuma proposta de compra em assembleia.

Em suma, caso a venda seja efetivada, Newmark Grubb Brasil fará jus à comissão pela venda do imóvel.

Sobre os resultados do imóvel no último período

Sua taxa de ocupação está em 91,6% e vacância 8,4%.

Seus locatários estão distribuídos como segue a figura abaixo:

No dia seis de setembro o fundo pagou rendimentos relativos a julho no valor de R$ 0,53 por cota. O maior nos últimos 12 meses.

Nos últimos 12 meses, a rentabilidade média do fundo foi abaixo da média. Contudo, para os próximos meses, sua expectativa futura de aluguéis é mais ousada, considerando uma estimativa baseada nas atuais condições, o que não representa qualquer garantia de receita futura.

Constituído em setembro de 2010, o FVBI11 é um fundo imobiliário do tipo tijolo e seus investimentos são direcionados em propriedades comercias do segmento de escritórios. É administrado pela BTG Pactual Serviços Financeiros, possui uma gestão passiva e uma taxa de administração de 0,17% ao ano.

Bruno Sperandio
Bruno Sperandio Desenvolvedor de conteúdos

Formado em Engenharia de Produção pela FAACZ, com experiência de mais de 5 anos no mercado financeiro do Brasil. Investidor e desenvolvedor de conteúdos sobre o mercado imobiliário, economia e investimentos.

Comentários