HGCR11 divulga resultados: Rendimentos serão distribuídos na próxima sexta-feira



Quer receber todas as notificações desse FII? Seguir FII Seguir Fundo

O fundo imobiliário CSHG Recebíveis Imobiliários FII - HGCR11 divulgou seus resultados nesta terça-feira, 11 de fevereiro de 2020, referentes ao último mês de janeiro.

Segundo destacou seu administrador Credit Suisse, durante o mês de janeiro, a cota do HGCR11 em bolsa apresentou variação negativa de -10,2%, contra -3,8% do IFIX.

Já durante os últimos 12 meses, o HGCR11 apresentou variação positiva de +5,8%, contra +27,7 do IFIX, equivalente a 101% do CDI no período.

hgcr11

Investidores do HGCR11

O número de investidores do HGCR11 saltou para cerca de 60 mil investidores no final de janeiro ante mais de 45 mil no mês de dezembro, enquanto isso, o volume negociado em janeiro totalizou R$ 103 milhões, contra R$ 108 milhões no mês de dezembro.

hgcr11

Rendimentos do HGCR11 serão distribuídos na próxima sexta-feira

Ainda de acordo com os dados do relatório, o resultado apresentado pelo HGCR11 no mês foi de R$ 5,9 milhões, equivalente a R$ 0,67 por cota, e ao final de janeiro, o fundo havia distribuído 90,3% do resultado apurado no semestre e detinha R$ 3,7 milhões (R$0,43/cota) de resultados acumulados em períodos anteriores e ainda não distribuídos.

Na próxima sexta-feira, dia 14 de fevereiro de 2020, será pago aos cotistas em 31 de janeiro o valor de R$ 0,60 por cota referente aos rendimentos recebidos.

hgcr11

Em adição, também será pago os rendimentos aos detentores dos recibos de subscrição do direito de preferência e das cotas remanescentes da 7ª emissão, conforme tabela abaixo:

hgcr11

7ª emissão de cotas do HGCR11

No último dia 24 de janeiro, foi divulgado um comunicado a mercado pelo fundo tratando do encerramento da 7ª emissão de cotas.

O volume total captado, líquido dos custos da oferta, foi de R$ 388,8 milhões, levando o patrimônio líquido do HGCR11 para aproximadamente R$ 1,3 bilhões.

Os recibos de subscrição de cotas subscritas no âmbito da oferta foram convertidos em cotas HGCR11 no dia 3 de fevereiro, mesma data de início de sua negociação em bolsa.

Carteira de ativos do HGCR11

O  CSHG Recebíveis Imobiliários encerrou o mês com seu patrimônio líquido alocado em CRIs, LCI, cotas de FIIs e Renda fixa.

hgcr11

Como mostra a figura, o fundo é composto em sua maioria por investimentos em CRIs, sendo esse, seu objetivo principal de investimento de acordo com seu regulamento.

Esses recebíveis possuem garantias reais e estão distribuídos geograficamente da seguinte maneira.

hgcr11

HGCR11 - Diversificação por setor

hgcr11

O HGCR11, que possui cerca de 60 mil cotistas, tem por objetivo a realização de investimentos em títulos e valores mobiliários, priorizando os Certificados de Recebíveis Imobiliários (CRI), que atendam aos critérios definidos em sua política de investimentos.

A taxa de administração do HGCR11, hoje, é de 0,8% ao ano sobre o valor de mercado, além de uma taxa de performance. O fundo é dividido em 12.372.450 cotas e atualmente está próximo de R$ 1 bilhão em patrimônio líquido.

Bruno Sperandio
Bruno Sperandio Autor

Engenheiro por formação, com mais de 7 anos de experiência no mercado de investimentos, trabalha com produção de conteúdo informativo e educacional para o mercado imobiliário brasileiro.




Comentários