HGLG11 divulga resultados e apresenta boas expectativas para 2020

CSHG Logistica (HGLG11), fundo imobiliário do segmento de galpões logísticos administrado pelo Credit Suisse, divulgou seu relatório de resultados referente ao último mês de dezembro.

No dia 15 de janeiro, próxima quarta-feria, será pago aos cotistas o valor de R$ 0,78 por cota

O resultado apresentado pelo HGLG11 no mês foi de R$ 9,15 milhões, equivalente a R$ 0,77 por cota.

hglg11

Ao final de dezembro, o fundo havia distribuído 97,7% do resultado apurado no semestre e detinha R$ 2,2 milhões (R$ 0,19 por cota) de resultados acumulados em períodos anteriores e ainda não distribuídos.

O ano de 2019 foi um período de consolidação e novo posicionamento para o HGLG11

Durante esse período, o HGLG11 teve um retorno total bruto de 61,9% ao ano, equivalente a 1.034% da variação do CDI Bruto do período, frente a 36% ao ano do IFIX.

hglg11

Sua liquidez aumentou consideravelmente dado que o volume médio de negociações em bolsa foi de R$ 2,5 milhões por dia em 2018 para R$ 4,8 milhões em 2019, que em dezembro já estava acima de R$ 7,0 milhões dia.

hglg11

Além disso, houve um crescimento expressivo no número de cotista de 35.099 em 2018 para 148.946 em 2019.

Esse resultado veio acompanhado de marcos importantes na história do HGLG11, destacou o Credit Suisse.

Sinais positivos do mercado pode gerar boas oportunidades para o HGLG11

Com a retomada do mercado em 2019, o HGLG11 deve seguir em linha com o racional de buscar aquisições de imóveis especulativos em praças relevantes do ponto de vista do logístico e, no caso de ativos em regiões afastadas ou menos demandadas, imóveis com contratos em regime atípico de longo prazo.

Segundo o informativo, o intuito é manter um bom mix de ativos e inquilinos, tanto para aproveitar o crescimento do mercado em termos de preço e ocupação, quanto para manter um portfólio de renda mais estável e previsível.

Além disso, dado o momento atual do ciclo imobiliário e das perspectivas de crescimento econômico do país, a busca do HGLG11 é pelas oportunidades pontuais de investimento no desenvolvimento de novos galpões, seja em terrenos do portfólio, sejam em oportunidades com parceiros.

Sobre o mercado logístico focado nas regiões do portfólio do CSHG Logística FII, a taxa de vacância de 2019 fechou em 18,2% frente a 6,8% do fundo.

hglg11

Portfólio de ativos e alocações do HGLG11

carteira de investimentos do CSHG Logística está distribuída em Imóveis, CRIs, cotas de FIIs, LCIs e Renda fixa, contemplando sua maior porcentagem e imóveis logísticos (76,2%).

hglg11

HGLG11 foi constituído no inicio de 2010 com o objeto de explorar empreendimentos imobiliários voltados primordialmente para operações logísticas e industriais, por meio de aquisição de terrenos para construção ou imóveis em construção ou prontos, com potencial geração de renda.

Destinado a investidores em geral, o fundo possui 5 emissões de cotas já realizadas e uma taxa de administração de 0,6% ao ano sobre seu valor de mercado.

Bruno Sperandio
Bruno Sperandio Desenvolvedor de conteúdos

Formado em Engenharia de Produção pela FAACZ, com experiência de mais de 5 anos no mercado financeiro do Brasil. Investidor e desenvolvedor de conteúdos sobre o mercado imobiliário, economia e investimentos.

Comentários