HGRU11: Rendimento do FII pode aumentar R$ 0,07 para cotistas



Quer receber todas as notificações desse FII? Seguir FII Seguir Fundo

O Credit Suisse, administrador do CSHG Renda Urbana (HGRU11), informou na tarde de ontem, 04 de março de 2020, que o fundo consolidou o Termo de Fechamento (TF) de um novo empreendimento para seu portfólio.

A aquisição foi feita através de uma Sociedade de Propósito Específico (SPE) onde o HGRU11 adquiriu a totalidade das cotas. O contrato possui um único ativo de perfil educacional (Edifício Santo Alberto) localizado na Rua Quatá, 67, Vila Olímpia, São Paulo – SP.

hgre11

O documento destaca que a propriedade tem área locável total de 6.805 m², sendo que 6.000 m² de tal área encontram-se locados na modalidade built-to-suit à empresa ISCP - Sociedade Educacional Ltda., com vigência até 2 de fevereiro de 2026.

Além da ISCP, que opera uma unidade da Universidade Anhembi Morumbi no imóvel, outras áreas do prédio encontram-se locadas a terceiros para exploração de estacionamento e praça de alimentação.

HGRU11 - Pagamento da aquisição será efetuado em 3 partes

Com o recebimento das cotas da SPE, o HGRU11 efetivará o pagamento do valor de R$ 90.985.098,70 hoje (05).

No total, em decorrência do encontro de contas acordado no TF, o valor a ser pago pelas cotas da SPE é de R$ 97.958.098,70, o qual será pago em três partes:

  • R$ 2,5 milhões já pagos ao vendedor a título de sinal;
  • A parcela de R$ 90.985.098,70  a ser paga hoje ao vendedor; e
  • Parcela residual de R$ 4,5 milhões, a ser paga no prazo de 180 dias contados de 7 de fevereiro de 2020, data em que foi firmado o contrato de compra, cujo pagamento está condicionado ao cumprimento, pelo vendedor, de determinadas condições e termos previstos.

Rendimento adicional para cotistas do HGRU11 será de R$ 0,07 por cota

Com a assinatura do TF e o pagamento da parcela, o HGRU11 irá se tornar o único titular das cotas da SPE.

Com isso, se torna proprietário de todos os direitos sobre o Ed. Santo Alberto, inclusive  dos aluguéis pagos mensalmente pelos locatários do imóvel, hoje vigentes pelo valor mensal total de R$ 711.347,20.

Para ter uma melhor ideia, esse rendimento projetado equivale a aproximadamente R$ 0,07 por cota nas distribuições do HGRU11.

Constituído em janeiro de 2018 a atualmente com cerca de 30 mil cotistas, o HGRU11 tem por objeto a exploração de empreendimentos imobiliários urbanos de uso institucional e comercial, onde busca priorizar a aquisição de propriedades imobiliários institucionais ou comerciais que não sejam lajes corporativas, shopping centers ou da área de logística.

Bruno Sperandio
Bruno Sperandio Autor

Engenheiro por formação, com mais de 7 anos de experiência no mercado de investimentos, trabalha com produção de conteúdo informativo e educacional para o mercado imobiliário brasileiro.




Comentários