IBFF11 - Fundo novo no mercado tem lucro superior a R$1.000.000,00



Quer receber todas as notificações desse FII? Seguir FII Seguir Fundo

O Integral BREI Fundo de Fundos - IBFF11 - disponibilizou hoje (14), seu primeiro relatório gerencial informando seus resultados ao mercado.

O fundo é destinado a investidores em geral e iniciou suas negociações em Bolsa (B3 - Brasil, Bola e Balcão) no último dia 11 de outubro. Sua primeira emissão de cotas foi encerrada em 13 de setembro, com 666.681 cotas, ao preço de R$ 100,00 por cota, com um valor total de R$ 66.668.100,00.

Em seus investimentos, já foram alocados aproximadamente 30% em FIIs. Sua gestão (Integral BREI Real Estate) tem a expectativa de alocar todo recurso captado em 6 meses e de acordo com o documento, nas próximas semanas o fundo deverá estar com próximos 40% investidos devido o fato de já ter sido assinado uma oferta 476 de um FII que já foi subscrito, mas ainda não foi liquidado.

Principais destaques do IBFF11

Carteira de investimentos do IBFF11

O fundo ainda possui uma relevante quantia em caixa, perfazendo 70% do seu montante. Os 30% alocados em cotas de FIIs, estão distribuídos nos seguintes ativos.

Performance do IBFF11

O desempenho do fundo, apesar de estar no início de sua operação e, portanto, com uma posição relevante alocada em caixa, o resultado da carteira de FIIs foi bem interessante.

Em outubro,  apenas de  valorização de cotas no mercado secundário de ativos em carteira, o fundo teve um resultado expressivo de R$ 840 mil, o que somado as demais receitas, representa um lucro de mais de R$ 1 milhão, ou R$ 1,53 por cota.

No último mês, foi distribuído em dividendos R$ 0,27 por cota. Contudo, vale ressaltar que apenas 23,2% do lucro total foi distribuído, uma vez que o fundo está em período inicial de alocação e o expressivo resultado de ganho de capital deverá ser distribuído em períodos subsequentes.

Segundo sua gestão, esse lucro corresponde a um retorno sobre o patrimônio líquido de 1,6% no mês. Se considerar apenas a carteira de FIIs, o resultado de dividendos somado a valorização das cotas no mercado secundário ficou em 7,5%.

Negociação de cotas no mercado secundário

Como mencionamos no inicio do texto, as cotas do IBFF11 começaram a ser negociadas no mercado de bolsa da B3 desde 11 de outubro. Nesse mesmo mês, até seu fechamento no dia 31, foram negociadas 6.541 cotas, acumulando um total de 623.266 com um volume médio diário de 41.551, com destaque no último dia 14, que teve seu maior número de negociações.

O FII Integral BREI Fundo de Fundos Imobiliários veio ao mercado com o objetivo de obter rendimentos e ganho de capital com a aquisição de cotas de outros FIIs, Certificados de Recebíveis Imobiliários (CRI), Letras Hipotecárias (LH) e Letras de Crédito Imobiliário (LCI).

É administrado pelo BTG Pactual, possui uma taxa de gestão e administração somando 1% ao ano e taxa de performance de 20% do que exceder o IFIX – índice de referência dos Fundos de Investimentos Imobiliários.

Bruno Sperandio
Bruno Sperandio Autor

Engenheiro por formação, com mais de 7 anos de experiência no mercado de investimentos, trabalha com produção de conteúdo informativo e educacional para o mercado imobiliário brasileiro.




Comentários