FII do agronegócio - QAGR11 - desvalorizou 14,76% em janeiro

O Quasar Agro FII (QAGR11), fundo imobiliário que surgiu com uma nova proposta de investimento na indústria de FIIs, divulgou nesta quinta-feira, 20 de fevereiro de 2020, seu resultado do mês de janeiro.

Lançamento do QAGR11 no mercado

O QAGR11 foi lançado em 2019 com um pipeline de aquisições que contemplavam 11 ativos totalizando cerca de R$ 400 milhões.

Entretanto, durante o processo de diligência, que revelou-se mais longo que o esperado inicialmente, verificou-se a possibilidade de aquisição de apenas parte desses ativos, o que acabou por atrasar os desembolsos iniciais do fundo, destacou o BTG Patual, administrador do QAGR11.

Contudo, em paralelo, foi informado que o fundo segue com o processo de estruturação, assim como a busca de novos ativos que podem ser adquiridos no contexto do seu mandato.

O administrador ainda disse que o resultado desse trabalho traz, como contrapartida ao prazo mais longo para os investimentos em relação ao inicialmente planejado, uma diversificação maior do fundo tanto em termos de cedentes, como de ativos e também geográficos.

No total, são 21 ativos, pertencentes a 6 cedentes e localizados em 3 diferentes regiões geográficas que estão atualmente em diferentes fases do processo de investimento.

qagr11

Esse pipeline, segundo o documento, contempla um potencial total de 1.415 mil toneladas de grãos de capacidade estática de armazenagem, uma área total superior a 420 hectares de área (ha) e investimentos da ordem de R$ 660 milhões.

qagr11

Resultado do mês de janeiro para o QAGR11

O Quasar Agro distribuiu para seus cotistas, um rendimento equivalente a R$ 0,16 por cota referente a janeiro. O dividendo foi pago na última sexta-feira, 14 de fevereiro.

No mercado secundário, sua rentabilidade foi negativa em -14,76%, frente a - 3,76% do IFIX.

qagr11

Nesse mesmo período, foram movimentados 11% de suas cotas perfazendo um volume médio diário negociado de R$ 2,7 milhões.

qagr11

QAGR11 é uma nova proposta FII no Brasil

Conforme estabelecido no regulamento do QAGR11, os ativos-alvo são empreendimentos imobiliários não residenciais, construídos ou em construção, prioritariamente no segmento do agronegócio.

A finalidade do setor é a infraestrutura, armazenagem e processamento de itens, tais como matérias-primas, insumos, produtos intermediários e produtos finais da cadeia do agronegócio, que gerem renda por meio da sua alienação, arrendamento ou locação. Exemplos de ativos:

qagr11

Para compor seu portfólio, o QAGR11 deverá adquirir e/ou construir ativos imobiliários em quatro segmentos diferentes:

  • Grãos/Fibras;
  • Açúcar/Álcool;
  • Indústrias; e
  • Operadores logísticos.

O QUASAR AGRO é um fundo imobiliário administrado pelo BTG Pactual que tem como política de investimento a aquisição de estruturas (imóveis) de armazenagem para a cadeia do agronegócio.

Atualmente, o QAGR11 possui cerca de 13,6 mil cotistas e um patrimônio liquido de 483,7 milhões, sendo que seu valor de mercado está em R$ 529 milhões.

Bruno Sperandio
Bruno Sperandio Autor

Engenheiro por formação, com mais de 7 anos de experiência no mercado de investimentos, trabalha com produção de conteúdo informativo e educacional para o mercado imobiliário brasileiro.

Comentários