RBRR11 está em dia com suas obrigações diante das "agruras" do mercado



Quer receber todas as notificações desse FII? Seguir FII Seguir Fundo

Em seu relatório de resultados do mês de março/20, o FII RBR Rendimento High Grade (RBRR11) apresentou boas noticias para seu cotistas.

No documento, o gestor do fundo, RBR Asset, disse que todos os 36 Certificados de Recebíveis Imobiliários (CRI) de sua carteira estão integralmente em dia com suas obrigações (juros e amortização).

É "fundamental, neste momento, reafirmar que não vislumbramos nenhum default em nossa carteira de crédito imobiliário seja no curto/médio/longo prazo por conta das características das operações (fluxo, fundo de reserva, garantia e devedores) e por conta do mapeamento de risco reforçado nas últimas semanas" destacou o RBR em seu relatório.

Por outro lado, o RBRR11 obteve um devedor que sondou uma possibilidade da redução das parcelas. No entanto, a RBR disse que o caso não é preocupante dado a solidez das garantias e a composição do fundo de reserva e que eventual renegociação deve trazer mais garantias e/ou taxa para a operação, sem impacto esperado nos juros mensais.

RBRR11: Resultados em março/20

  • O valor patrimonial da cota no encerramento do mês foi de R$ 97,62 por cota;
  • Dividendo de R$ 0,55 por cota em março. DY anualizado de 7,3% na cota fechamento de março (R$ 93,54);
  • Dividend yield acumulado 12 meses de 8,1% ao ano na cota do IPO (R$ 100,00 mai/18);
  • Rentabilidade, desde o início (maio/18) = 175% do CDI no período líquido de impostos;
  • A liquidez do RBRR11 no mês foi de R$ 2,4 milhões por dia.

Carteira de ativos: Principais características do portfólio

De acordo com as informações do seu relatório, a carteira de CRIs do fundo atualmente encontra-se alocada em 36 operações, com concentração máxima por CRI inferior a 10% do patrimônio líquido (PL). Além disso, os 10 maiores investimentos do portfólio representam cerca de 60% do PL, reforçando a diversificação de risco da carteira.

rbrr11

Sobre a estratégia de investimento do RBRR11

A RBR investe de acordo primordialmente em operações exclusivas (ofertas ICVM 476) com originação própria ou de terceiros:

Em síntese, o RBRR11 é um FII 100% focados em imobiliário, acredita que crédito imobiliário é diferente de crédito corporativo, não investe em operações “clean” = CRIs sem garantia ou fluxo imobiliário conhecidos como “cri-bêntures” e somente adquiri operações com a segurança do imobiliário através de garantias reais e fluxo de recebíveis sólidos.

No quadro abaixo, o RBR apresenta três estratégias que seguem parâmetros e metodologias muito bem definidas.

rbrr11

rbrr11

Dentro das 3 principais estratégias, as operações do RBRR11 estão expostas a diferentes segmentos dentro do setor imobiliário. Veja:

rbrr11

O FII RBR Rendimento High Grade é administrado pelo BTG Pactual e sua gestão é feita por RBR Asset Management. Sua taxa de administração é de 1% ao ano juntamente com os serviços de gestão.  Possui também um adicional de performance de 20% do que exceder o índice CDI em seus resultados.

RBRR11 é considerado um fundo de papel, pois, seu objetivo é obter rendimentos e ganho de capital através, primordialmente, de CRI.

Bruno Sperandio
Bruno Sperandio Autor

Engenheiro por formação, com mais de 7 anos de experiência no mercado de investimentos, trabalha com produção de conteúdo informativo e educacional para o mercado imobiliário brasileiro.




Comentários