SDIL11: FII terá sua 5ª emissão e poderá adquirir imóvel "novinho"



Quer receber todas as notificações desse FII? Seguir FII Seguir Fundo

O SDI Rio Bravo Renda Logística (SDIL11) divulgou duas informações importantes nesta segunda-feira, 09 de março de 2020.

Seu administrador, Rio Bravo Investimentos, comunicou que foi aprovado hoje (09), a 5ª emissão de cotas do SDIL11.

Também anunciou que foi assinado na última sexta-feira (06), um Contrato de Compra e Venda de Ações (CCV) para a aquisição indireta de um empreendimento classe AAA, segundo classificação da Buildings, localizado na região de Jundiaí, estado de São Paulo, pelo valor de R$ 248.159.250,00.

SDIL11 - 5ª emissão de cotas deverá ser distribuída por meio de oferta pública com esforços restritos

Segundo o informou o documento do fundo, o valor será de até R$ 200.000.089,80, correspondentes a 2.096.437 novas cotas.

No entanto, esse valor poderá ser acrescido até 20%, ou seja R$ 39.999.979,80, correspondentes a 419.287 novas cotas.

Por outro lado, a captação mínima foi estabelecido em R$ 165.000.024,00 que corresponde a 1.729.560 cotas.

O preço de emissão de cota será de R$ 95,40, considerando o valor patrimonial arredondado da cota do SDIL11 de acordo com o fechamento de 28 de fevereiro de 2020 e, acrescido do custo unitário, o preço de emissão de cada cota será de R$ 98,21.

A oferta é destinada exclusivamente aos investidores profissionais, no entanto, cotistas do SDIL11 poderão exercer seus direitos.

Cronograma tentativo da 5ª emissão de cotas do SDIL11

sdil11

SDIL11 - FII irá adquirir um empreendimento "novinho" recém construído

O Empreendimento, recém construído, será entregue com 91.310,72 m² de área construída, restando por construir uma área aprovada de mezaninos de até 8.717 m², que poderá ser demandada pelos futuros locatários.

A receita negociada do imóvel deve gerar um cap rate de 7,92% ao ano pelos próximos 15 meses, através de um contrato de locação temporário com o vendedor.

A aquisição segue em linha com a tese de investimento do SDIL11 e sua conclusão dependerá do cumprimento da CCV e dos recursos captados na 5ª emissão de cotas do fundo.

-

O SDIL11 tem o objeto de realizar investimentos em empreendimentos imobiliários de longo prazo, por meio de aquisição de imóveis de natureza logística e industrial, notadamente galpões logísticos e preferencialmente nos Estados de São Paulo e Rio de Janeiro.

 

Bruno Sperandio
Bruno Sperandio Autor

Engenheiro por formação, com mais de 7 anos de experiência no mercado de investimentos, trabalha com produção de conteúdo informativo e educacional para o mercado imobiliário brasileiro.




Comentários