SDIL11 - Número de cotistas do fundo cresce +363% nos últimos 12 meses

A SDI Rio Bravo Renda Logística - SDIL11 - divulgou os últimos resultados dos seus empreendimentos de galpões logísticos situados nos Estados do Rio de Janeiro e São Paulo. Veja, portanto, quais foram as principais informações anunciadas pelo seus gestores (SDI Gestão e Rio Bravo Investimentos) em seu documento.

SDIL11 - Número de cotistas

O fundo apresentou um expressivo aumento em seu número de cotistas nos últimos 12 meses, representando uma evolução de 363%.

SDIL11 - Distribuição de rendimentos

Em setembro, sua distribuição de rendimentos  foi de R$0,64 por cota, valor esse, em linha com os últimos meses.

Para conhecimento, o fundo pratica sua distribuição de rendimentos de forma mensal, com pagamentos no dia 15 do mês subsequente ao resultado de referência. No entanto, a gestão pode optar pela melhor forma de distribuir os resultados durante o semestre, ficando a seu critério linearizar a distribuição de proventos, buscando, com isso, previsibilidade de pagamentos aos investidores.

Quanto ao último valor distribuído, a gestão destacou que essa distribuição está acima do resultado de R$0,55 devido a custos referentes a um reembolso de despesas e locação de um antigo proprietário do seu empreendimento One Park.

SDIL11 - Vacância

O gráfico abaixo representa a comparação entre a vacância do empreendimento do fundo e o mercado de galpões logísticos em Duque de Caxias e na região da Anchieta - SP no fechamento de cada trimestre.

SDIL11 - Locação dos imóveis

Foi informado em nota, que o fundo tem focado seus esforços para a locação dos módulos vagos no seu imóvel Multimodal, que apresenta hoje 14% de vacância, e está, segundo sua gestão, razoavelmente abaixo das taxas de vacância do mercado de Duque de Caxias.

Por outro lado, o fundo recebeu a notificação de rescisão da empresa Bridgestone, com data de saída para o início do último mês de outubro. O contrato não há multa devida e o impacto no resultado será de aproximadamente R$0,015 por cota. Com isso, a vacância projetada para o fundo é de 4,7%.

SDIL11 - Liquidez

Em termos de liquidez, o documento revelou que o número de cotas negociadas no mês de setembro teve aumento de 1.354% frente ao mesmo período do ano passado e o volume médio diário negociado no mês aumentou em 1.598% frente o mesmo mês de 2018. Já seu valor de mercado teve aumento de 310% em 12 meses.

SDIL11 - Patrimônio do fundo

Como referencia do último mês de setembro, o patrimônio do fundo está composto por 3 ativos localizados nos estados de São Paulo e Rio de Janeiro.

  • Multimodal Duque de Caxias - Imóvel composto por dois galpões com área total construída de 36.115 m².
  • International Business Park - Imóvel adquirido no formato Sale & Leaseback com contrato atípico de locação de 100% do imóvel. O ativo funciona como estacionamento de carretas anexo ao Multimodal Duque de Caxias. A área do terreno é de 52.041 m².
  • One Park -  O imóvel conta com um galpão em construção locado para a Adhex, cujo pagamento no valor de R$ 13,6 MM está pendente, tendo em vista condições precedentes do contrato. O fundo ainda não faz jus à receita gerada especificamente por este galpão.

Dos 177.971 m² de ABL que o fundo detém, 57% estão concentrados no Rio de Janeiro e 43%, em São Paulo. Veja como seus ativos estão alocados.

Sobre seu valor acumulado em renda fixa (33,4%), em junho de 19 foi concluída a 4ª emissão do fundo e desde então sua gestora vem trabalhando para a alocação do montante seguindo seu pipeline aprovado em assembleia.

O FII SDI Rio Bravo Renda Logística tem o objeto de realizar investimentos em empreendimentos imobiliários de longo prazo, por meio de aquisição de imóveis de natureza logística e industrial, notadamente galpões logísticos e preferencialmente nos Estados de São Paulo e Rio de Janeiro.

Bruno Sperandio
Bruno Sperandio Desenvolvedor de conteúdos

Formado em Engenharia de Produção pela FAACZ, com experiência de mais de 5 anos no mercado financeiro do Brasil. Investidor e desenvolvedor de conteúdos sobre o mercado imobiliário, economia e investimentos.

Comentários