TBOF11 anuncia novo contrato de locação de 10 anos. Dividendos poderão subir 4%

O BTG Serviços Financeiros S.A. DTVM, na condição de administradora do fundo TB Office (TBOF11), informou ontem (01) ao mercado que, na mesma data, foi celebrado um novo contrato de locação com a locatária TSP Participações, referente a 900 m2 de área locável, localizado no 24º andar do imóvel, com prazo de 10 anos, contados a partir da mesma data, e com carência que chamou de “compatível com o praticado na região”, embora não tenha entrado em maiores detalhes acerca de tal carência.

No mesmo comunicado, o BTG destacou que esta nova locação impactará positivamente a receita do fundo em aproximadamente 2,88%, em comparação às receitas do último mês de setembro, gerando um impacto positivo na distribuição de rendimentos de aproximadamente 4,29%, com base na última distribuição de rendimentos.

“Os incrementos na distribuição são uma projeção considerando o aluguel nominal da locatária após o período de carência e a redução das despesas de condomínio e IPTU com a área até então vaga”, destacou a gestora.

Considerando essa locação, a vacância do imóvel será reduzida, portanto, de 10,2% para 8,5%.

Ocupação segue aumentando no TBOF11

Ainda em relação ao comunicado acima, cabe lembrar também que, em meados de setembro, o BTG havia informado a assinatura de um novo contrato de locação com uma já então locatária, a Salesforce Tecnologia LTDA, já ocupante, na época, do 14º andar do imóvel.

Tal contrato, na ocasião, se fez referente a uma expansão de 2.213,86 m² de área locável, localizado no 15° andar do imóvel, com prazo de 5 anos contados a partir de 01/02/2020, e carência também “em linha com o praticado na região”.

Com esse novo contrato de locação, a Salesforce passou a ocupar o 14º e 15º andar, totalizando 4.427,72 m² de área locável.

“A administradora ressalta que a locação é resultado do trabalho ativo que vem realizando em conjunto com a consultora imobiliária com o intuito de reduzir a vacância do imóvel e, consequentemente, gerar valor para o fundo e seus cotistas”, destacou o BTG, na época.

Saiba mais sobre o TBOF11

O TB Office é um fundo imobiliário de gestão passiva que teve o seu início em meados de 2013, e que possui 100% do empreendimento comercial Edifício Tower Bridge Corporate, localizado em São Paulo (SP).

O imóvel abriga escritórios comerciais e lojas, possui 24 pavimentos, 5 subsolos de estacionamento e 1 subsolo intermediário que juntos oferecem 1,616 vagas para automóveis.

Há espaço adequado para bicicletas (96 vagas), vagas para Portadores de Necessidades Especiais (PNE), e vagas preferenciais para veículos de baixa emissão de poluentes, combustível eficiente e caronistas.

Há ainda uma área para desembarque VIP, que dá acesso a um elevador social para cada zona de distribuição vertical.

Os subsolos são servidos por 4 elevadores de acesso da garagem para o lobby no térreo e ao mezanino, 1 elevador de emergência, 2 elevadores de acesso às lojas, 2 elevadores para as ocas, atendendo até o mezanino.

Existe ainda espaço destinado à coleta seletiva de lixo, espaço para tratamento de água recuperada para reuso, sala de espera do estacionamento e áreas técnicas e de administração predial.

O administrador do fundo é o BTG Pactual Serviços Financeiros S.A. DTVM, que possui a Tishman Speyer como consultora.

A taxa de administração é de 0,20% ao ano sobre o patrimônio líquido ou sobre o valor de mercado, observando o valor mínimo mensal de R$ 30.000,00 atualizado pelo IGPM. A taxa de administração é, ainda, acrescida do valor de 0,015% ao ano, referente aos serviços de escrituração, conforme previsto no regulamento.

Já a taxa de consultoria é de 0,20% ao ano sobre o total de ativos.

Rafael Campagnaro
Rafael Campagnaro Head de Conteúdo

Engenheiro por formação, trabalha com produção de conteúdo informativo e educacional para o mercado financeiro no FIIs.com.br desde que iniciou no universo das finanças.

Comentários