VISC11 suspende assembleia para se proteger do coronavírus

Na tarde desta quinta-feira, 12 de março de 2020, o BRL Trust, administrador do Vinci Shopping Centers (VISC11) informou aos seus cotistas a respeito da postergação da assembleia que seria realizada amanhã (13).

O motivo é a decorrência dos recentes desdobramentos da expansão do coronavírus (Covid-19) no país.

Segundo informou o documento, essa posição está sendo tomada para evitar a aglomeração de pessoas em um único ambiente fechado, conforme recomendação da Organização Mundial da Saúde (OMS).

Por isso, a assembleia foi adiada e será realizada às 10:00 horas do dia 31 de março de 2020, na Rua Iguatemi, nº 192, Itaim Bibi, São Paulo.

VISC11 - Assuntos abordados permanecem inalterados

O Administrador destacou que os assuntos que serão abordados permanecem inalterados, sendo eles:

  • Aprovação da aquisição de participação adicional em 4 shoppings que já se encontram em seu portfólio, através da aquisição de até 100% das cotas do fundo IPS PB FII, que representa o total de R$ 400 milhões.
  • Alteração do item 15.7. do seu regulamento, de modo a aumentar o Capital Autorizado dos atuais R$ 2 bilhões para o montante de R$ 7,5 bilhões; e
  • Autorização ao Administrador e ao Gestor para a prática de todos e quaisquer atos necessários à efetivação das matérias constantes da presente do dia.

As matérias devem ser aprovadas por maioria dos cotistas que representem pelo menos 25% das cotas do fundo.

O portfólio do VISC11 é composto por participação em 13 shoppings em 9 diferentes estados, totalizando mais de 106 mil m² de ABL própria. Atualmente, o fundo possui cerca de 144,3 mil cotistas e seu valor de mercado é de R$ 1,81 bilhões.

Leia também:  

Bruno Sperandio
Bruno Sperandio Desenvolvedor de conteúdos

Formado em Engenharia de Produção pela FAACZ, com experiência de mais de 5 anos no mercado financeiro do Brasil. Investidor e desenvolvedor de conteúdos sobre o mercado imobiliário, economia e investimentos.

Comentários