VRTA11: FII apresenta 90% do seu portfólio em recebíveis imobiliários



Quer receber todas as notificações desse FII? Seguir FII Seguir Fundo

Banco Fator, administrador do FII Fator Verità (VRTA11) divulgou nesta sexta-feira, 21 de fevereiro de 2020, seu relatório mensal pertencente ao último mês de janeiro.

De acordo com o documento anunciado, o VRTA11 concluiu o mês com R$ 106,31 de cota patrimonial e R$ 132,00 de cota à mercado.

vrta11

Sua distribuição de rendimentos foi R$ 0,78 por cota (R$10,49 nos últimos 12 meses) perfazendo um dividend yield (DY) de 0,73% sobre a cota patrimonial e um (DY) de 0,59% sobre a cota à mercado.

vrta11

6ª emissão de cotas do VRTA11

Com as informações do gestor (Fator), a alocação dos recursos da 6ª emissão segue em sua fase final. Na figura abaixo, veja como está o progresso e as operações adquiridas.

vrta11

VRTA11 - Carteira de ativos é focado no segmento de papéis

VRTA11 é um fundo imobiliário considerado do tipo papel. FIIs como o Fator Verità atribuem seus investimentos majoritariamente em recebíveis imobiliários, que são investimentos de renda fixa voltado ao setor de imóveis.

No mês de janeiro, o fundo apresentou uma carteira com 90% em ativos de CRI e os restantes 10% em caixa.

vrta11

No total, são 54 ativos de CRI divididos em operações de shopping, corporativo, residencial e loteamento.

O VRTA11 é um fundo imobiliário destinado a investidores em geral que foi constituído no início do ano de 2010. Atualmente, possui cerca de 44,6 mil cotistas e um patrimônio líquido de R$ 515,6 milhões.

Leia também: FIIs de papel – Um investimento com rentabilidade, segurança e diversificação

Bruno Sperandio
Bruno Sperandio Autor

Engenheiro por formação, com mais de 7 anos de experiência no mercado de investimentos, trabalha com produção de conteúdo informativo e educacional para o mercado imobiliário brasileiro.




Comentários