VSHO11 faz acordo com seus locatários para "sobreviver" neste atual momento



Quer receber todas as notificações desse FII? Seguir FII Seguir Fundo

A Votorantim Asset, administrador do FII Votorantim Shopping (VSHO11) informou ao mercado qual será sua posição diante do atual cenário, com o intuito de auxiliar seus locatários, visando o benefício para todas as partes que serão impactadas neste momento.

De acordo com o documento, em virtude das medidas estabelecidas pelas autoridades ao combate ao COVID-19 e potenciais consequências econômicas, o VSHO11 informa que deliberou juntamente com a administração dos shoppings Bay-Market, Hortolândia e Valinhos, integrantes da carteira do fundo, as seguintes providências:

  • Aluguéis de lojas: Isenção do pagamento de 50% do aluguel mínimo mensal referente ao mês de março, condicionada ao pagamento do boleto de cobrança de condomínio na data de vencimento. Suspensão do pagamento de 50% restantes do aluguel mínimo mensal, referente ao mês de março.
  • Condomínio: Redução de 30% das despesas condominiais, com a operação reduzida do empreendimento. Essa condição não vai se aplicar a lojas âncoras ou qualquer outra operação que possua valor de condomínio fixo.
  • Fundo de promoção: Isenção da contribuição ao fundo de promoção. Essa condição não vai se aplicar a lojas âncoras ou qualquer outra operação que possua valor de fundo de promoção fixo.

VSHO11: Outros pagamentos

A Votorantim também frisou que as parcelas vincendas de CDU (Cessão de Direito de Uso), confissões de dívida de lojistas dos empreendimentos, contratos de quiosques, stands, eventos e mídia, terão suas cobranças temporariamente suspensas.

Os pagamentos das receitas indicadas como suspensos ficarão prorrogados até que as atividades dos Shoppings forem sendo restabelecidas, ou outro evento que justifique, sendo que o novo prazo de vencimento e forma de pagamento serão devidamente comunicados pelos Shoppings a cada um dos lojistas.

O VSHO11 está trabalhando alinhado com a administração dos empreendimentos para a redução dos custos de operação com o objetivo de gerar a máxima economia até a normalização das atividades.

Portanto, em virtude do exposto acima, o VSHO11 informa que não será realizada a distribuição de rendimentos a partir deste mês (março), sendo certo que qualquer alteração será imediatamente comunicado aos cotistas e ao mercado.

Bruno Sperandio
Bruno Sperandio Autor

Engenheiro por formação, com mais de 7 anos de experiência no mercado de investimentos, trabalha com produção de conteúdo informativo e educacional para o mercado imobiliário brasileiro.




Comentários