XPCI11 - Fundo Novo apresenta foco em aplicações de recebíveis imobiliários



Quer receber todas as notificações desse FII? Seguir FII Seguir Fundo

Nesta segunda-feira, 09 de dezembro de 2019, a XP Vista, gestora do XP Crédito Imobiliário FII (XPCI11), divulgou seu relatório gerencial e iniciou informando que o fundo adquiriu 5 ativos de crédito imobiliário, totalizando R$ 7,2 milhões.

No final do mês de novembro seu patrimônio liquido estava integralmente alocado em 18 Certificados de Recebíveis imobiliários - CRIs.

Esse total, segundo informado, representa 99,6% do seu PL e são distribuídos em CRIs de Crédito Corporativo, Residencial, Comercial e uma pequena parcela (0,94%) está disponível em caixa. O portfólio está distribuído da seguinte forma:

A carteira conta com CRIs indexados em IPCA+, CDI+, IGP-M+ e %CDI, distribuição essa que se mostra importante para reduzir os possíveis impactos de mudanças na conjuntura econômica brasileira.

Além disso, sua diversificação está em vários setores da economia, dado que a sua gestão se mostra bem diligente no que tange o interesse na diversificação do seu portfólio, a fim de mitigar os principais fatores de risco.

Rendimentos e resultados do XPCI11

Em novembro, o fundo recebeu um total de R$ 525,4 mil de rendimentos em CRIs e R$ 2,7 mil de juros oriundos da aplicação financeira do caixa.  Já as despesas somaram R$ 22,1 mil, de forma que o resultado líquido no regime de caixa foi de R$ 0,5059 por cota.

Ainda de acordo com o relatório, esse resultado foi parcialmente prejudicado devido a desaceleração do IGP-M, impactando os ativos indexados a este índice.

Por este motivo, a gestão optou por distribuir menos rendimentos nos primeiros meses do semestre em comparação com os rendimentos efetivamente recebidos, com o objetivo de suavizar a curva de distribuição de rendimentos aos cotistas dentro do semestre completo, reduzindo assim, a volatilidade dos rendimentos que os ativos da carteira distribuem no mês a mês.

Com isso, a distribuição de R$ 0,63 por cota comunicada no último dia útil do mês de novembro será realizada nesta sexta-feria, 13 de dezembro.

Dessa maneira, a distribuição no mês representa aproximadamente 165,6% do CDI no período, já livre de impostos, o que equivale a um rendimento de 194,9% do CDI se consideramos um gross up de 15% de impostos.

Saiba mais sobre o XPCI11

O XP Crédito Imobiliário FII é um fundo do tipo papel que teve o seu início no último mês de setembro e tem o objetivo de obter ganhos através da aplicação em ativos financeiros, tais como:

  • CRIs;
  • Debêntures;
  • LCIs;
  • LHs; e
  • Cotas de outros FIIs;

O XPCI11, que possui 1 milhão de cotas e apenas 50 cotistas, é gerido pela XP Vista Asset Management Ltda e administrado pela VórtxDTVM LTDA. Sua taxa de administração é de 1% ao ano sobre o seu patrimônio líquido, que hoje está próximo de R$100 milhões.

Bruno Sperandio
Bruno Sperandio Autor

Engenheiro por formação, com mais de 7 anos de experiência no mercado de investimentos, trabalha com produção de conteúdo informativo e educacional para o mercado imobiliário brasileiro.




Comentários