Investir no mercado de ações não é mais um privilégio para poucos.

O mundo da renda variável vem se tornando muito mais acessível aos investidores e isso tem feito com que o mercado de ações se torne mais popular.

Sendo assim, o mercado de ações funciona na bolsa de valores, e naturalmente onde ocorrem as compras e vendas de ações e outros títulos.

Como funciona o mercado de ações

mercado de ações

As ações, que também podem ser chamadas de "papéis", são as parcelas (frações) que compõem o capital social de uma empresa.

Um investidor que compra ações se torna sócio de uma empresa e passa a ganhar dinheiro junto com ela, de acordo com o seu crescimento e lucro.

As ações são negociadas em bolsa de valores, no caso do Brasil, na B3 – Brasil, Bolsa e Balcão.

Os investidores utilizam a tecnologia disponibilizada pelas corretoras para enviar ordens de compra e venda de ações à bolsa.

Se houver uma ordem de compra pelo mesmo valor de uma ordem de venda, a transação é fechada.

7 passos para começar a investir em ações

mercado de ações

  1. Abra uma conta em alguma corretora. Para isso, basta preencher e assinar uma ficha cadastral
  2. Transfira o dinheiro da conta corrente para a conta da corretora
  3. Escolha a ação que deseja comprar
  4. Envie uma ordem de compra pelo home broker, informando o código do papel, a quantidade e o preço
  5. Se houver um vendedor que aceite as condições, a B3 executará a ordem
  6. O investidor paga o preço combinado com o vendedor e arca com as taxas da corretora e da B3
  7. A corretora credita as ações compradas na conta do investidor

Vantagens e riscos de investir em ações

  • Possibilidade de tornar-se sócio de uma grande empresa
  • Receber parte dos lucros obtidos pela empresa na forma de dividendos
  • O pequeno acionista tem a comodidade de não precisar se preocupar com a gestão da empresa o qual é sócio
  • Para resgatar o investimento, basta vender as ações
  • Escolher uma empresa que não tem consistência no seu crescimento e desenvolvimento
  • No caso de uma crise econômica, muitas ações perderão o valor

Como escolher boas ações para investir

Faça o teste de perfil do investidor para saber que tipo de investimento é o mais ideal.

Investidores com pouco conhecimento do mercado devem seguir orientações de especialistas.

As corretoras divulgam carteiras com as ações recomendadas por profissionais.

Leia relatórios de analistas, notícias e balanços das empresas que o investidor possui em sua carteira.

Livros e cursos que abordam as analises técnicas e fundamentalistas ensinam a escolher as ações.

As empresas listadas em bolsa possuem áreas de relação com investidores, onde fornecem informações relevantes.

Custos para investir no mercado de ações

  • Taxa de corretagem – cobrado pela corretora
  • Taxa de custódia – cobrado pela B3
  • Emolumentos – cobrados pela B3
  • Imposto de renda – cobrado pelo governo federal

Dicas para investir em ações

mercado de ações

  • Faça reavaliações periódicas de seus investimentos.
  • Procure comprar ações após fortes quedas.
  • Monte uma carteira diversificada para diluir os riscos.
  • Quanto mais tempo o dinheiro permanecer aplicado, melhor.
  • Procure ações que pagam dividendos regularmente.

Dessa maneira, podemos perceber que o mercado de ações é bem mais fácil de compreender do que se imagina.

É necessário apenas disciplina da parte do investidor para que suas operações sejam bem-sucedidas.

Com uma boa estratégia e atenção aos acontecimentos e movimentos do mercado de ações, é possível sim rentabilizar de forma eficiente e muito duradoura as economias de um investimento.

Bruno Sperandio
Bruno Sperandio Desenvolvedor de conteúdos

Formado em Engenharia de Produção pela FAACZ, com experiência de mais de 5 anos no mercado financeiro do Brasil. Investidor e desenvolvedor de conteúdos sobre o mercado imobiliário, economia e investimentos.

Comentários