4 comportamentos que você NÃO deve assumir ao investir em FIIs

Começar alguma atividade nova nunca é uma tarefa fácil.

Pelo contrário!

Exige sempre uma motivação extra para superar os desafios que surgem recorrentemente em qualquer âmbito da vida.

A expressão “não existe evolução na zona de conforto” faz sentido para tudo na vida, inclusive para os investimentos.

Nesse sentido, os erros são fatores muito importantes no processo de aprendizagem, pois são através deles que, de fato, conseguimos aprender e evoluir.

No entanto, no universo dos investimentos, os erros podem sair muito caros, principalmente para quem está começando.

Assim sendo, aprender com os próprios erros é imprescindível, mas aprender com o erro dos outros é mais valoroso ainda, e é aí que o estudo entra com uma grande relevância nesse aspecto.

Dessa maneira, hoje gostaríamos de destacar quatro atitudes as quais o investidor que está começando não deveria tomar em sua jornada nos investimentos em fundos imobiliários.

Portanto, se você está começando agora, NÃO tome as seguintes atitudes:

1 – Especular movimentações de compra e venda de cotas de FIIs no curto prazo: Além de criar um hábito que não é sustentável no longo prazo, você será tributado em cada uma dessas operações de venda com lucros;

2 – Comprar um FII sem antes ler os seus relatórios gerenciais e entender minimamente a sua operação: Você compraria um carro, um apartamento, ou até mesmo uma camisa, sem antes provar e procurar saber mais a respeito do produto? Provavelmente a sua resposta é não. Por que nos fundos imobiliários você faria diferente? No nosso site você encontra gratuitamente todos os relatórios e documentos importantes para o estudo dos fundos imobiliários. Baixe-os e os leia antes de aplicar em determinado FII;

3 – Acompanhar constantemente o preço das suas cotas no Home Broker: Renda variável varia, como o próprio nome sugere. Por que ficar ansioso com uma coisa que inevitavelmente vai acontecer no decorrer do tempo? Pare de entrar no Home Broker todo dia. Use a volatilidade a seu favor, e não como um fator gerador de ansiedade.

4 – Ignorar a importância da diversificação da sua carteira: Os FIIs proporcionam uma possibilidade de diversificação que dificilmente um investidor comum pessoa física conseguiria desenvolver investindo no mercado tradicional de imóveis. Por que então ficar exposto a poucos ativos, sendo que é facilmente possível diminuir os riscos da sua carteira aumentando a quantidade de FIIs nela presentes? Procure ter uma quantidade a qual você consiga acompanhar pelo menos uma vez por mês cada um dos seus FIIs;

Obviamente que existem muitos outros fatores importantes que poderíamos indicar para que o investidor não faça, principalmente no início da sua jornada.

Contudo, a não execução dos quatro pontos acima citados, em nossa opinião, já podem fazer com que o desempenho da sua carteira seja bem interessante e acima da média no longo prazo.

Lembre-se sempre que investir no mercado de fundos imobiliários é uma maratona, e não uma corrida de 100 metros rasos.

No final da prova, aqueles que errarem menos e se mantiverem pacientes e disciplinados serão os que terão mais motivos para comemorar.

Rafael Campagnaro
Rafael Campagnaro Head de Conteúdo

Engenheiro por formação, trabalha com produção de conteúdo informativo e educacional para o mercado financeiro no FIIs.com.br desde que iniciou no universo das finanças.

Comentários