Provavelmente você já deve ter ouvido falar ou recebido uma oferta para aderir a um plano de capitalização não é mesmo.

Certamente, se você é uma pessoa que gosta de participar de jogos de loterias, essa pode ser mesmo uma proposta tentadora. Mas, a questão é que o dinheiro colocado no plano de capitalização, em vez de render, perderá valor.

Isso porque a capitalização é um tipo de produto que não tem como atrativo a rentabilidade, apenas a sorte. Você compra o título e recebe números para concorrer a prêmios em dinheiro sorteados pela loteria federal. Ao final de determinado período, recebe uma parte ou o valor total corrigido pela TR (Taxa Referencial), a mesma que corrige a poupança, porém, sem a rentabilidade dos juros aplicados na poupança.

Além disso, se você precisar resgatar antes, poderá perder uma parte considerável do montante pago.

Capitalização é diferente de jogos ou investimentos?

capitalização

Quando uma pessoa adquire um título de capitalização, ela está optando por um jeito diferente de guardar dinheiro.

A capitalização não pode ser comparada a outros produtos financeiros porque não está na categoria de investimentos.

Deste modo, quem opta por este produto, troca a possível rentabilidade de um investimento, pela chance de ser sorteado com um possível prêmio.

Na verdade, cada uma tem um jeito de cuidar do seu dinheiro.

Logo, cabe ao indivíduo escolher a que melhor se encaixa ao seu perfil e suas necessidades.

Quais são as principais características de uma capitalização

capitalização

As características de uma capitalização são bem específicas. São elas:

  • Participação em sorteios
  • Taxa de juros
  • Prazo de carência
  • Resgate

Participação em sorteios

A premiação correspondente a múltiplos do valor pago, sendo um dos principais atrativos dessa modalidade para os consumidores.

Taxa de juros

Durante o período de vigência do título, parte do pagamento feito pelo cliente, seja de uma única vez, mensal ou periodicamente, é remunerada todos os meses por uma determinada taxa de juros.

Essa taxa pode variar de 20% a 100% da taxa paga às cadernetas de poupança.

Em grande parte dos produtos do mercado, o indivíduo recebe, ao final do prazo de capitalização, o valor total guardado corrigido pela Taxa Referencial (TR).

Prazo de carência

É o período mínimo em que se deve deixar o dinheiro aplicado.

Após esse prazo, o indivíduo poderá receber o valor do resgate.

Na hipótese de querer antecipar o resgate em relação ao término da vigência do título, verifique nas condições gerais qual é o prazo de carência.

Resgate

Os resgates podem ser antecipados, parciais ou feitos no término do prazo de capitalização.

  • O resgate no fim do prazo de capitalização significa a sua realização depois de decorrido e cumprido o prazo total de vigência do título.
  • O resgate antecipado é aquele que ocorre antes do prazo final de vigência do título, ou seja, antes do cumprimento de todo o prazo de capitalização previsto no plano.
  • O resgate parcial é aquele em que o cliente solicita o resgate de parte da reserva acumulada e o título permanece em vigor, participando normalmente dos sorteios.

Por fim, podemos perceber que uma capitalização não é vantajosa para quem deseja investir para ganhar com a rentabilidade. No entanto, se a intenção é apostar na sorte, ai sim pode ser uma alternativa válida.

Bruno Sperandio
Bruno Sperandio Desenvolvedor de conteúdos

Formado em Engenharia de Produção pela FAACZ, com experiência de mais de 5 anos no mercado financeiro do Brasil. Investidor e desenvolvedor de conteúdos sobre o mercado imobiliário, economia e investimentos.

Comentários