Fiis - A categoria de investimentos que mais cresce no Brasil



Você conhece alguma outra indústria do mercado financeiro que tenha mais que dobrado em número de investidores no período de um ano?

Nós também não, e é por isso que sempre enfatizamos que a indústria de fundos imobiliários é hoje a categoria de investimentos que mais cresce no Brasil.

Basta olhar o último relatório “Boletim do Mercado Imobiliário” da B3 – Brasil, Bolsa, Balcão – referente ao último mês de julho para constatar a curva extremamente íngreme no gráfico de números de investidores em relação ao tempo.

É um verdadeiro “paredão” que se formou nos últimos anos.

Adicionalmente, acima é possível perceber que o número se encontrava, ao final do mês julho, em 390.677 investidores, o maior patamar já visto desde o início da série.

Isso representa uma alta de +7,93% frente ao mês anterior (junho) que, na ocasião, já havia se mostrado 5,88% acima do mesmo número em relação ao mês de maio.

Lead Magnet

Ficamos muito entusiasmados e otimistas ao ver esses números, pois demonstra que, de fato, os fundos imobiliários estão entrando de vez no dia a dia dos brasileiros, de maneira cada vez mais intensa.

Temos a certeza, ainda, de que esse patamar vai continuar crescendo exponencialmente nos próximos anos, o que é excelente para a indústria, como um todo.

Contudo, para que isso aconteça de forma equilibrada e sensata, é preciso que esse “mar de gente” seja bem orientado e instruído, de modo que adotem estratégias de aplicações financeiras saudáveis e sustentáveis, no longo prazo.

Dito isso, mais do que nunca seguiremos com nosso trabalho diário de levar essa boa nova a maior quantidade de pessoas possível.

Queríamos convidar você, também, para fazer o mesmo.

Fale sobre fundos imobiliários com as pessoas, sejam parentes, amigos, vizinhos, não importa...

O importante é que eles sejam comentados.

Mais investidores no mercado gera uma maior liquidez, o que se traduz em maior atratividade para novas emissões dos fundos imobiliários, além de gerar um ambiente convidativo para o surgimento de novos Fiis, isso sem falar no aumento da geração de empregos e maior arrecadação de impostos.

É uma corrente do bem!

A propósito, uma das consequências do amento exponencial do número de investidores já pode ser claramente percebida através do aumento – também exponencial – do volume anual e mensal, e da média diária de negociações dos ativos transacionados nessa indústria.

Em um cenário dessa natureza, todos saem ganhando!

Existe uma frase que por diversas vezes foi replicada pelo Professor Baroni em suas Lives que diz mais ou menos o seguinte:

“Fundos imobiliários são tão bons que basta dizer a verdade sobre eles. ”

Nós concordamos 100% com a frase acima, tanto é que, ainda hoje, temos dificuldades em achar os pontos negativos dessa categoria de investimentos.

Ademais, estamos apenas engatinhando como indústria (principalmente quando olhamos lá para fora), é verdade, mas sabemos que temos o potencial de ser uma indústria trilionária se continuarmos com essa taxa de crescimento.

ebook lead magnet

A imagem acima foi retirada do mesmo relatório, e comprova o nosso tamanho ainda bastante modesto em termos de valor de mercado (R$ 62,4 bilhões patrimônio líquido e R$ 70,2 bilhões de valor de mercado em julho último).

E por que achamos que ela pode se tornar trilionária?

Basta olhar lá para fora.

A indústria dos REITs (os fundos imobiliários americanos) fechou o ano de 2018 com valor de mercado de pouco mais de US$ 1 trilhão (isso mesmo, de dólares).

Dessa maneira, portanto, esperamos que essa indústria aqui no Brasil continue a contar conosco, não só na ajuda no intuito de contribuir para a evolução dos investidores de fundos imobiliários, mas também como uma voz propagadora e difusora desse mercado que hoje é, mais do que nunca, a categoria de investimentos que mais cresce no Brasil.

Conte conosco!

Rafael Campagnaro
Rafael Campagnaro Head de Conteúdo

Engenheiro por formação, trabalha com produção de conteúdo informativo e educacional para o mercado financeiro no FIIs.com.br desde que iniciou no universo das finanças.




Comentários