Gestores e cotistas - Uma relação cada vez mais próxima

No mundo dos investimentos – isso inclui também os fundos imobiliários – ter ciência dos direitos e deveres de todos os envolvidos na cadeia operacional dos ativos é de fundamental importância.

Dito isso, para quem se interessa pelos Fiis – tanto aqueles que já investem quanto os que pretendem, mas ainda não começaram – é muito importante ter noção de tais fundamentos no que tange duas importantes figuras desse universo de investimentos:

  • O Gestor
  • O Cotista

Isto posto, destacaremos, abaixo, alguns dos principais pontos os quais julgamos ser essenciais para os interessados nesse mercado.

Gestor

O gestor é o profissional responsável pela estratégia e inteligência imobiliária do Fii, ou seja, é a figura que irá gerir a estrutura operacional do ativo e que, portanto, ficará responsável por tomar as decisões necessárias para manter e aumentar a rentabilidade e a geração de valor para os verdadeiros “donos” dos fundos imobiliários (nesse caso, os cotistas, os quais falaremos a respeito na sequência).

Dessa maneira, o investidor comum pessoa física tem, por direito, a liberdade de entrar em contato com esse profissional no momento o qual achar mais conveniente – seja por e-mail, telefone ou até mesmo presencialmente – no intuito de tirar dúvidas e, principalmente, tomar conhecimento das perspectivas futuras de evolução do patrimônio presente dentro dos Fiis.

Neste sentido, o investidor que possui “apenas” uma cota de determinado fundo imobiliário já se torna, automaticamente, sócio daquele Fii, sendo que, dessa maneira, é totalmente cabível para tal investidor “estreitar” a sua relação com a gestão do seu Fii.

Até mesmo aqueles que não possuem nenhuma cota podem tomar essa iniciativa, tanto por curiosidade, quanto para solicitar esclarecimentos em algum eventual processo de estudos de viabilidade de investimentos.

Cotistas

Essa figura é representada por aquele indivíduo que detém cotas de determinado fundo imobiliário, ou seja, todos aqueles investidores que aplicam os seus recursos financeiros em algum Fii.

Dessa maneira, e conforme destacado anteriormente, todos os investidores, independentemente da quantidade de cotas e o tamanho do montante financeiro que possuem aplicado, possuem os mesmos direitos e, por conta disso, devem receber o mesmo tratamento dos gestores do Fii.

Além disso, é um dever dos cotistas, também, monitorar o trabalho do gestor, dado que é por meio desse monitoramento que se consegue ter acesso a algumas informações relevantes que, por muitas vezes, se encontram contidas nos detalhes das operações estratégicas e, por conta disso, não são reveladas através dos documentos emitidos mensalmente ao mercado por parte da gestão.

-

Investir nos fundos imobiliários é uma excelente possibilidade de se expor à renda variável.

No entanto, é recomendável que NUNCA se aplique um centavo sequer nesse mercado sem antes se ter uma noção clara sobre as principais responsabilidades que se fazem presentes dentro dos agentes envolvidos nessas operações financeiras.

Conte conosco!

Rafael Campagnaro
Rafael Campagnaro Head de Conteúdo

Engenheiro por formação, trabalha com produção de conteúdo informativo e educacional para o mercado financeiro no FIIs.com.br desde que iniciou no universo das finanças.

Comentários