Investir não é uma corrida de 100 metros, é uma maratona infinita!

Muitas pessoas começam a investir no mercado de capitais por influência de especialistas que, por muitas vezes, desejam vender o sonho da conquista da fortuna em um curto espaço de tempo.

Isso é muito prejudicial para o mercado, como um todo, e os motivos são muitos simples de entender.

A pessoa que entra mercado com a intenção de fazer fortuna rapidamente vai se machucar em algum momento e, além do trauma e da perda financeira, o indivíduo irá, naturalmente, “espalhar” para todo o seu ciclo de relacionamento que o mercado de capitais é um ambiente hostil onde só existem lobos e pessoas mal-intencionadas.

A verdade é que o mercado de capitais não é somente para milionários, e muito menos para pessoas mal-intencionadas.

O mercado de capitais é para deixar as pessoas milionárias!

E exemplos de pessoas que começaram pequeno e conquistaram tal patamar são variados.

Basta uma rápida pesquisa no Google para constatar alguns desses casos.

No entanto, mesmo aqueles que começam pequeno, com paciência e disciplina, por vezes são levados a decisões não racionais.

E não há problema algum nisso, é natural do ser humano.

No entanto, o que é preciso se atentar 100% do tempo é o quão confortável nos sentimos com os nossos investimentos.

Isso faz total sentido, também, para o investidor de fundos imobiliários, haja vista que existe hoje um grande arcabouço de informações que pode, a depender da abordagem, prejudicar ou contribuir para um resultado mais eficaz ao longo do tempo

É válido destacar, neste sentido, que o investidor passivo de fundos imobiliários é um vencedor por natureza, dado que o fluxo de caixa livre mensal recorrente pode ser uma bela ferramenta propulsora de benefícios no longo prazo, se usada de maneira inteligente.

Os investidores que procuram manter um plano de aportes e reinvestimentos terão um futuro previdenciário bem maior que a média do mercado.

Mas isso não muda o fato de que se manter vigilante também é uma tarefa que não pode passar desapercebida.

Assim como emagrecer, estudar ou praticar atividades físicas, dentre outras ações importantes em nossas vidas, exigem certo grau de acompanhamento, cuidar do dinheiro não poderia ser diferente.

Lead Magnet

Dito isso, um checklist simples e eficaz de acompanhamento dos Fiis pode fazer sentido, e o que destacamos abaixo já foi sugerido por diversas vezes pelo Professor Marcos Baroni, da Suno Research, nas suas Lives semanais sobre investimentos em fundos imobiliários:

  • De 06 em 06 meses, procure rever cada fundo imobiliário da sua carteira. Isso mesmo – um a um. Reveja as premissas e se o Fii em carteira ainda passa a você a segurança necessária focado em um horizonte maior. Além disso, releia os últimos relatórios publicados para melhor juízo de valor, você encontra todos esses documentos na página de cada Fii no nosso site.
  • De 12 em 12 meses, faça uma revisão macro estratégica. Vá mais fundo – veja como os novos aportes em fundos imobiliários poderão proporcionar a você melhores resultados dali para frente. Acelere ou freie os aportes (e reinvestimentos) e, se necessário, busque maior diversificação entre classes, setores, ou mesmo em outros produtos.

Eis a relevância de rever essas estratégias de alocação de tempos em tempos: É saudável para a carteira. É saudável para o futuro.

A conclusão, aqui, portanto, é que todo investidor que decide usar entre 1h a 2h por semana para acompanhar o mercado de fundos imobiliários terá vantagens que o colocará e, principalmente, o manterá acima da média por maior parte do tempo ao longo de uma vida de acumulação e fruição de renda.

Conte conosco!

Rafael Campagnaro
Rafael Campagnaro Head de Conteúdo

Engenheiro por formação, trabalha com produção de conteúdo informativo e educacional para o mercado financeiro no FIIs.com.br desde que iniciou no universo das finanças.

Comentários