Em relatório gerencial apresentado aos cotistas nesta sexta-feira (19), a gestão do BTG Pactual Crédito Imobiliário (BTCR11) comunicou a compra de novo ativo de crédito para carteira do fundo. Também, a gestão publicou os resultados do mês de outubro. 

A distribuição de rendimentos no mês foi de R$ 0,80 por cota. Esse valor corresponde a um dividend yield anualizado de 10,4%, considerando a cota de mercado (B3) no fechamento do mês, R$ 92,60. 

Confira abaixo:

BTCR11

A gestora fez uma breve análise do contexto macroeconômico brasileiro, destacando o atual cenário de elevação de juros, inclusive, com a elevada inflação ao consumidor. 

Na interpretação do Banco Central, a alta de preços continua acima do esperado em virtude de componentes voláteis (alimentos, combustíveis e energia elétrica). 

Nos últimos doze meses, o IPCA e o IGPM acumularam 10 ,67 % e 21 ,73 % , respectivamente, sendo que o IPCA deverá fechar o ano de 2021 em dois dígitos. 

Portfólio do fundo

Em relação ao portfólio de créditos do BTCR11, a gestão destacou a alocação de apenas um ativo para fundo neste último mês. Confira abaixo a carteira completa do fundo:

BTCR11

O CRI Nortis foi adquirido pelo valor de R$ 24 milhões na operação indexada a IPCA+7,15% a.a. 

A operação foi lastreada em debêntures da companhia e conta com garantias de cessão fiduciária de recebíveis, alienação fiduciária de cotas das SPEs desenvolvedoras e fiança dos sócios. 

Para investir no CRI citado, o fundo realizou venda de ativos no mercado secundário e reinvestiu os recursos em Nortis, apurando maior retorno total.

Conheça o BTCR11 

O BTG Pactual Crédito Imobiliário é um fundo imobiliário com objetivo de rentabilizar por meio do investimento em instrumentos de renda fixa ligados ao setor imobiliário, principalmente em Certificados de Recebíveis Imobiliários (CRI).

 O FII BTG Pactual Crédito  Imobiliário possui patrimônio líquido de R$471 milhões e tem cerca de 4.810.097 cotas emitidas. 

  Para quem deseja investir no BTCR11, o valor patrimonial de sua cota é de R$97,94, sendo sua taxa de administração de 0,20% a.a. sobre patrimônio líquido e 0,80% de taxa de gestão.