A XP Vista Asset, gestora do XP Properties FII (XPPR11), comunicou nesta segunda-feira (23) aos seus cotistas sobre contrato de locação firmado com uma locatária de ativo do fundo.

A REC Faria Lima Empreendimentos Imobiliários S.A, atual proprietária direta do Edifício Faria Lima Plaza, celebrou nesta data o Contrato de Locação relativo à integralidade dos 5 primeiros pavimentos consecutivos do Edifício Faria Lima Plaza , localizado em São Paulo/SP. 

A vigência do contrato é de 84 meses a partir de 18/08/2021, sendo certo que o prazo de vigência do último andar alugado será iniciado em 1º de outubro de 2021. 

Além disso, a locatária tem interesse em locar outras parte do ativo, neste caso:

  •  a partir de 1º de dezembro de 2021, 2 andares adicionais (no sexto e no sétimo pavimentos)
  • a partir de 1º de janeiro de 2022, um andar adicional, qual seja, o oitavo pavimento, com área BOMA totalizando 2.034,45 m² 

Até a data de início da expansão do imóvel, “a locatária poderá optar por não dar continuidade com a locação de parte ou da totalidade das expansões sem a incidência de qualquer penalidade”, destacou a gestora. 

A gestão ainda ressaltou que, se for considerada a locação de 3.117,43 m² informada no Comunicado ao Mercado divulgado em 02 de agosto de 2021, a ocupação do FL Plaza totaliza 47% de sua área BOMA total. 

A receita acumulada bruta do contrato, considerando:

  •  a soma dos recebíveis dos 5 primeiros pavimentos consecutivos do Edifício Faria Lima Plaza relativos aos 24  primeiros meses do contrato
  • a proporção de 40,0% da REC FL que é objeto de aquisição indireta pelo XPPR11, é estimada em R$ 1,34 por cota. 

Estimativa de ganhos para o fundo com a nova locação

Portanto, a gestão afirmou que a “receita mensal bruta decorrente do aluguel nominal do Contrato, sem considerar a correção inflacionária prevista no Contrato, é estimada em R$ 0,0792 por cota”. 

Os cálculos foram realizados considerando a quantidade atual de cotas do fundo em circulação e não consideram o prêmio de locação a qual o Fundo faz jus em relação à mesma área, e que continuará recebendo independentemente de qualquer nova locação.

Por fim, a gestão reforçou “que os valores acima não são garantia de rentabilidade e que o Fundo poderá realizar uma retenção de até 5% dos lucros auferidos no semestre e apurados em base caixa, conforme previsto na regulamentação em vigor”. 

Conheça o XPPR11

O XP Properties FII é um fundo imobiliário do tipo tijolo. Seu foco é rentabilizar pela aquisição e exploração comercial de lajes corporativas, educação e hospitais.

O XPPR11 possui patrimônio líquido de R$626 milhões e tem aproximadamente 43.771 cotistas. 

Para quem deseja investir no XPPR11, o valor patrimonial de sua cota é de R$85,78, sendo sua taxa de administração está entre 0,75 e 0,95%a.a. sobre patrimônio líquido ou valor de mercado do fundo se o fundo fizer parte de índice de mercado (IFIX).