A simplicidade é o último grau de sofisticação

O ranking Infomoney-Ibmec premiou no dia de ontem (13), em São Paulo, os fundos que apresentaram a melhor relação entre risco e retorno no país.

Em relação aos Fundos Imobiliários, o primeiro lugar ficou com o Hotel Maxinvest (HTMX11), que apresentou ganhos de 132,9% em 36 meses.

A segunda colocação ficou para o CSHG Logística (HGLG11), com um rendimento de 95,1%, seguido pelo Maxi Renda (MXRF11), com rentabilidade de 88,6% em 3 anos.

O que mais me chamou a atenção, no entanto, foram dois outros motivos principais.

O primeiro deles foi o otimismo dos gestores desses FIIs em relação ao futuro da indústria de Fundos Imobiliários no Brasil, que foi possível constatar em uma matéria publicada no Infomoney ainda ontem e que você pode ler aqui.

De fato, a atual conjuntura econômica de inflação estável e juros baixos, além do aparente início da retomada do ciclo imobiliário (principalmente pelo que se vê no mercado de São Paulo) são fatores que nos fazem entender que, realmente, um cenário de alta está por vir.

Soma-se a isso a possibilidade de aprovação de importantes reformas, que podem contribuir para a diminuição do déficit fiscal e aumentar a atratividade do mercado brasileiro perante investidores estrangeiros.

Realmente, não há como não concordar com o otimismo dos gestores.

O segundo ponto que me chamou a atenção nessa premiação foi o fato de cada um dos 3 FIIs premiados pertencerem a segmentos diferentes.

Um FII do setor hoteleiro, um FII de logística e outro FII híbrido.

Isso é muito interessante, pois mostra que FIIs de segmentos completamente distintos entre si apresentaram performances superiores à FIIs de shopping e de lajes corporativas, que vêm sendo bastante falados nos últimos meses como possíveis candidatos à destaque para os próximos anos.

O que isso me leva a concluir?

Que a melhor alternativa para aumentar a rentabilidade de uma carteira Fundos Imobiliários no longo prazo é, sem dúvida alguma, a diversificação.

É isso o que eu faço em relação aos meus investimentos, e é isso que seguirei fazendo.

Sugiro que você reflita também em relação a isso.

Não tente acertar qual será o próximo segmento (ou, pior, o próximo FII) a apresentar uma rentabilidade acima da média.

Crie o hábito de poupar mensalmente, realize investimentos mensais em bons FIIs (de preferência naqueles que você considera serem os mais descontados naquele momento), reinvista os dividendos e diversifique a sua carteira.

Isso você consegue fazer com confiança dedicando nada mais que 30 min de leitura por semana aos estudos sobre Fundos Imobiliários.

Não existe segredo.

Na verdade, o segredo se esconde na simplicidade.

Existe uma frase que é atribuída a Leonardo Da Vinci que diz: "A SIMPLICIDADE É O ÚLTIMO GRAU DE SOFISTICAÇÃO".

Eu tenho certeza que Da Vinci não era um investidor de Fundos Imobiliários, mas tendo a acreditar que se o fosse fazer, o faria como eu e você, da maneira mais simples possível!

Um forte abraço e conte sempre conosco.

Rafael Campagnaro
Rafael Campagnaro Head de Conteúdo

Engenheiro por formação, trabalha com produção de conteúdo informativo e educacional para o mercado financeiro no FIIs.com.br desde que iniciou no universo das finanças.

Comentários