Saiba o que são índices de liquidez e como calculá-los

Todas as informações necessárias para calcular os índices de liquidez de uma empresa estão disponíveis no balanço patrimonial da companhia.

Em geral, o desempenho de uma empresa depende de um bom controle de seu fluxo de caixa, além de suas capacidades de gerar lucro e de desenhar boas estratégias de financiamento e de investimento, e isso pode ser visto de forma resumida em índices de liquidez.

Os índices de liquidez são indicadores financeiros de análise da saúde financeira que revelam por quanto tempo uma companhia consegue quitar suas obrigações com terceiros.

Como analisar um índice de liquidez

índices de liquidez

Em linhas gerais, a análise dos índices de liquidez é feita da seguinte maneira:

  • Índice de liquidez maior do que 1: a empresa possui alguma folga para cumprir com suas obrigações contratuais de custos e despesas.
  • Índice de liquidez igual a 1: os valores à disposição da empresa empatam com as contas que ela tem para pagar.
  • Índice de liquidez menor do que 1: se a empresa precisasse quitar todas as suas obrigações no curto e médio prazo, ela não teria recursos suficientes.

Quanto maior for o índice de liquidez da empresa, maior tende a ser sua capacidade de honrar suas obrigações financeiras.

No entanto, esses índices não devem ser considerados isoladamente. Para ter uma visão geral do grau de liquidez de uma companhia, é preciso também estudar o seu tipo de atividade, o cenário em que a companhia está inserida, e outros indicadores.

No caso de uma empresa de manufatura, os estoques são um item de peso no cálculo do seu ativo. Com isso, se essa empresa tiver grandes estoques, poderá ter problemas de endividamento por não conseguir vendê-los.

Por esse motivo, é importante que as interpretações dos índices de liquidez sejam consideradas como os valores médios apurados para o setor de atuação da empresa, no intuito de traçar comparações mais plausíveis.

Tipos de índices de liquidez

A ciência contábil considera quatro diferentes tipos de índices de liquidez:

  1. Índice de liquidez corrente
  2. Índice de liquidez seca
  3. Índice de liquidez imediata
  4. Índice de liquidez geral

Cada um possui uma definição e um uso diferente. Os dois primeiros conceitos referem-se à capacidade de pagamento a curto prazo de uma empresa.

O imediato, como o próprio nome diz, tem relação com os valores que a companhia poderia dispor imediatamente para pagar suas despesas e custos.

Já o índice de liquidez geral serve para medir essa capacidade no longo prazo.

Confira abaixo o significado e as particularidades de cada um desses índices, além da fórmula para o cálculo de cada um deles.

Índice de liquidez corrente

Liquidez corrente = ativo circulante / passivo circulante

Também chamado de índice de liquidez comum, o índice de liquidez corrente mede a capacidade de pagamento de uma empresa no curto prazo.

Ele é um dos indicadores mais conhecidos para se analisar a capacidade de pagamento de uma companhia.

O índice de liquidez corrente é calculado dividindo-se o ativo circulante da empresa (seus direitos de curto prazo, como o dinheiro em caixa e os estoques) pelo passivo circulante (as dívidas a curto prazo, como empréstimos, impostos, pagamentos a fornecedores etc).

Índice de liquidez seca

Liquidez Seca = (Ativo Circulante - Estoques) / Passivo Circulante

O índice de liquidez seca é similar ao índice de liquidez corrente.

A diferença básica é que ele exclui os estoques do ativo circulante da empresa, já que esses direitos são menos relevantes no curto prazo.

índices de liquidez

Índice de liquidez imediata

Liquidez Imediata = Ativo Disponível / Passivo Circulante

É o mais conservador dos índices. Esse indicador considera apenas a conta do balanço patrimonial da empresa que representa os valores já disponíveis.

Além dos estoques, são excluídos, portanto, também direitos como os decorrentes das vendas a prazo.

Índice de liquidez geral

Liquidez Geral = (Ativo Circulante + Realizável a Longo Prazo) / (Passivo Circulante + Passivo Não Circulante)

O índice de liquidez geral busca dar uma visão da capacidade de se perpetuar de uma empresa no longo prazo.

Por esse motivo, além dos itens considerados na liquidez corrente, o índice de liquidez geral adiciona os direitos e as obrigações da empresa para um prazo mais alargado.

Rafael Campagnaro
Rafael Campagnaro Head de Conteúdo

Engenheiro por formação, trabalha com produção de conteúdo informativo e educacional para o mercado financeiro no FIIs.com.br desde que iniciou no universo das finanças.

Comentários