Um dos pontos mais importantes para o investidor de longo prazo é a diversificação de seus ativos. E para isso, se faz necessário elaborar um ranking dos fundos imobiliários de modo a auxiliar a montagem da sua carteira.

Um ranking de fundos imobiliários deve, primordialmente, ser elaborado através da escolha correta das variáveis existentes. Estas serão abordadas ao longo desse artigo.

Um ranking de fundos imobiliários é uma lista montada com os fundos imobiliários escolhidos através de critérios pré-estabelecidos e auxiliam, na maior parte das vezes, na tomada de decisão.

Continue lendo este artigo e saiba como elaborar um bom ranking dos fundos imobiliários, com as métricas corretas, de modo a auxiliar na tomada de decisão. Bons estudos!

Como montar um ranking de fundos imobiliários

Ranking Fundos Imobiliários

Não existe uma “receita de bolo” mágica para elaborar um ranking que seja 100% assertivo, pois os dados geralmente remetem a acontecimentos passados.

E, no mercado financeiro, existe uma célebre frase que diz: “Ganhos passados não são garantias de ganhos futuros”.

Entretanto, ao analisarmos alguns indicadores dos fundos imobiliários, podemos nos cercar de informações que podem tornar mais assertivas nossas escolhas.

Dentre os indicadores, ou variáveis, segue abaixo as mais comuns utilizadas pelos analistas para analisar fundos imobiliários:

ebook lead magnet

  1. Variação da Cotação
  2. Distribuições mensais (Dividend Yield)
  3. Valor Patrimonial
  4. Preço / VPA
  5. Liquidez média

Esses são considerados os dados mais relevantes na hora de montar um ranking de fundos imobiliários efetivo.

Claro que não são os únicos.

Existem muitas outras variáveis que podem ser analisadas.

Entretanto, utilizando as 5 variáveis apresentadas, você já pode começar a criar uma lista de fundos que melhor se enquadram ao seu perfil de investidor.

Segue abaixo um exemplo de um ranking elaborado a partir do dado “variação da cotação” durante o ano de 2018.

Lista dos 10 fundos que mais renderam nos últimos 12 meses

# TICKER NOME DO FII RENDIMENTO MÉDIO 12 MESES %
1 RBDS11 RB Capital Desenvolvimento Residencial II 26,285
2 XPCM11 XP Corporate Macaé 17,296
3 BRCR11 BTG Pactual Corporate Office 17,063
4 RBCB11 Rio Bravo Crédito Imobiliário I 13,830
5 TFOF11 Hedge TOP FOFII 13,070
6 FAMB11B Edifício Almirante Barroso 12,001
7 UBSR11 UBS (BR) Recebíveis Imobiliários 11,140
8 BBFI11B BB Progressivo 10,945
9 RBVO11 Rio Bravo Crédito Imobiliário II 10,934
10 FIGS11 General Shopping Ativo e Renda 10,852

Portanto, temos aí um ranking dos fundos imobiliários que mais renderam ao longo dos últimos 12 meses.

Esse processo pode ser feito através de sites de busca de informações sobre FIIs, como, por exemplo, o Funds Explorer.

Ademais, este é apenas 1 ranking, onde foi considerada apenas 1 variável.

Para que seja feita uma pesquisa que gere resultado significativo, se faz necessário o ranqueamento de fundos imobiliários utilizando outras variáveis.

Além disso, rankings possuem alguns perigos. Veja esse vídeo: O perigo dos rankings

Lead Magnet

Ranking fundos imobiliários - Considerações

Ranking Fundos Imobiliários

Para investir nos melhores fundos imobiliários é necessário estudo e dedicação.

Contar com ajuda profissional pode ser uma boa ideia, e trará melhores resultados que investir por conta própria.

Em linhas gerais, elaborar o ranking dos fundos imobiliários proporcionará uma visão mais técnica sobre o comportamento dos fundos imobiliários ao longo do tempo. Contudo, para que você obtenha sucesso nesse tipo de investimento, outros fatores devem ser levados em consideração, principalmente aqueles que não podem ser mensurados.

Marcos Baroni
Marcos Baroni Especialista em FIIs (Suno Research)

Marcos Baroni é especialista em Fundos Imobiliários. Professor há 20 anos em cursos de Graduação e MBA nas áreas de Gestão de Projetos e Processos.

Comentários