Cota Imobiliária – Um novo modelo para ter um imóvel

A chamada cota imobiliária tem mostrado muito destaque no Brasil, devido à seu modelo de negócio ser bastante atraente.

No entanto, a cota imobiliária já é uma realidade que acontece no mercado imobiliário e hoteleiro brasileiro a alguns anos.

Mas afinal, o que seria isso? Cota imobiliária ou propriedade fracionada é um modelo de negócio muito utilizado na Europa e Estados Unidos e que ganha força no Brasil. Esse modelo permite que as pessoas que não teriam condições de adquirir um apartamento pleno, consigam adquirir sua segunda residência com custo benefício compatível com sua renda.

Este sistema inovador permite ao investidor ser dono de uma unidade habitacional em um resort e utilizá-la para seu lazer e suas férias em períodos pré-determinados.

Foi criado e desenvolvido para atender principalmente as pessoas que não desejam imobilizar altos recursos financeiros na compra de uma unidade integral.

Ainda, além do forte investimento inicial, tem investimentos constantes com custos de manutenção e despesas de condomínios mensais, sem deixar de mencionar que o imóvel integral não conta com todos os serviços hoteleiros que o sistema de cotas imobiliárias possui.

Outra grande vantagem é que quando não se utiliza algum dos períodos que compõem a cota imobiliária adquirida, o proprietário poderá destiná-lo para locação transformando-se assim em um retorno financeiro.

Cotas imobiliárias é um bom investimento?

cota imobiliária

Esse conceito chamado também de multipropriedade nasceu nos Estados Unidos para comercializar casas de luxo ou de veraneio.

Assim os vários clientes dividem os custos com manutenção, segurança, impostos, entre outros e podem usufruir da propriedade por um determinado período.

Como o brasileiro ainda acredita que tudo que é bom para os norte-americanos, também é garantia de sucesso por aqui, resolveram apostar neste modelo de negócio.

Porém, como não existem incentivos governamentais e nem linhas de crédito para desenvolver a hotelaria nacional, as incorporadoras e construtoras descobriram na cota imobiliária uma maneira rápida de levantar recursos.

A conta é bem simples: tomando como base uma unidade hoteleira de 50 m² que pode ser vendida por R$ 500 mil, se fosse fracionada em cotas imobiliárias para 10 investidores, o investimento de cada um seria de R$ 50 mil.

Deste modo, a cota imobiliária pode ser um bom investimento e hoje é a alavanca imobiliária de grande parte dos hotéis que estão sendo construídos no Brasil.

Cota Imobiliária vale a pena?

cota imobiliária

Diferentemente de europeus e norte-americanos, a cultura de compartilhamento de um imóvel de alto padrão no Brasil ainda é algo novo.

Ainda assim, a maior demanda para esse modelo de investimento, vem da classe média e baixa, onde encontram nesse modelo fracionado a chance de adquirir uma segunda residência para férias e lazer.

Entretanto, se o pensamento é investir para obter retornos financeiros, é importante analisar se realmente a cota imobiliária vale a pena.

Com base nesse contexto, pode-se considerar que as cotas dos fundos de investimento imobiliário são um grande modelo de investimento para aqueles que buscam retorno financeiro consistente.

Além também de proporcionar vantagens como rentabilidade mensal com isenção de impostos e tranquilidade, pois tem a administração de gestores qualificados.

Por fim, a cota imobiliária também pode ser um grande modelo de investimento, mas é importante saber qual é a intenção e o objetivo da aplicação.

Rafael Campagnaro
Rafael Campagnaro Head de Conteúdo

Engenheiro por formação, trabalha com produção de conteúdo informativo e educacional para o mercado financeiro no FIIs.com.br desde que iniciou no universo das finanças.

Comentários