Tesouro Direto: Conheça o investimento mais seguro do Brasil

O Tesouro Direto é um Programa desenvolvido pelo Tesouro Nacional Brasileiro.

Foi desenvolvido em parceria com a Bm&fBovespa, atualmente B3. O Tesouro Direto funciona para venda de títulos públicos federais para pessoas físicas, por meio da internet.

O Tesouro Direto contribuiu para a diversificação e complementação das alternativas de investimento disponíveis no mercado, ao oferecer títulos com diferentes tipos de rentabilidade (prefixada, pós-fixada que é ligada à variação da inflação ou à variação da taxa de juros básica da economia - Selic).

Além de acessível e de apresentar opções de investimento, o tesouro direto se encaixa em diversos perfis de objetivos financeiros.

Também oferece boa rentabilidade e liquidez diária, mesmo sendo a aplicação de menor risco do mercado.

Esse programa surgiu com o objetivo de democratizar o acesso aos títulos públicos, ao permitir aplicações com apenas R$ 30,00.

Antes do Tesouro Direto, o investimento em títulos públicos por pessoas físicas era possível apenas indiretamente, por meio de fundos de renda fixa.

Títulos Públicos

tesouro direto

Os títulos públicos são ativos de renda fixa, ou seja, seu rendimento pode ser dimensionado no momento do investimento.

Assim, podemos dizer que é o contrário dos ativos de renda variável (como ações), cujo retorno não pode ser estimado no instante da aplicação.

No entanto, ao comprar um título público, o investidor empresta dinheiro para o governo brasileiro em troca do direito de receber no futuro uma remuneração por este empréstimo.

Com isso, o investidor receberá o que emprestou, mais os juros sobre o valor.

Vantagens que o Tesouro Direto proporciona ao investidor

tesouro direto

  • Segurança: São os ativos de menor risco da economia, pois são 100% garantidos pelo Tesouro Nacional, ou seja, o Governo Federal garante o seu pagamento.
  • Rentabilidade: O rendimento da aplicação em títulos públicos é bastante competitivo se comparado com as outras aplicações financeiras de renda fixa existentes no mercado.
  • Liquidez: O Tesouro Nacional garante a recompra diária dos seus títulos públicos. Ou seja, você poderá resgatar antecipadamente os títulos adquiridos no Tesouro Direto todos os dias, a preços de mercado.
  • Flexibilidade: Você pode planejar o seu ganho montando sua própria carteira de acordo com o seu perfil e objetivos financeiros.
  • Acessibilidade: Com apenas R$ 30,00 você já pode investir no Tesouro Direto.
  • Facilidade: Investir no Tesouro Direto é muito fácil, você não precisa nem sair de casa, pois todas as transações são feitas pela Internet.

Dessa maneira, para ser um investidor do tesouro direto é muito simples.

A quantidade mínima de compra é a fração de 0,01 título, ou seja, 1% do valor de um título, desde que respeitado o valor mínimo de R$ 30,00.

Já para os investidores qualificados, deve-se respeitar o valor máximo para aplicação que é R$1.000.00,00 por mês.

Esse investimento tem atraído muitos novos investidores, pois ele apresenta uma rentabilidade melhor que a poupança e o possui a mesma segurança.

Portanto, ao investir no Tesouro Direto, você opta pelo tipo de investimento de menor risco da economia, pois os títulos públicos são 100% garantidos pelo Tesouro Nacional.

Marcos Baroni
Marcos Baroni Especialista em FIIs (Suno Research)

Marcos Baroni é especialista em Fundos Imobiliários. Professor há 20 anos em cursos de Graduação e MBA nas áreas de Gestão de Projetos e Processos.

Comentários