Warren Buffett: simplicidade, paciência e serenidade

Você já ouviu falar em Warren Buffett?

Provavelmente sim.

Caso contrário, faça uma breve pesquisa no Google e você irá constatar a seguinte informação (dentre outras), de acordo com o Wikipédia:

"Constantemente citado na lista da Forbes das pessoas com maior capital do mundo, ocupou o primeiro lugar em 2008. Amplamente considerado o mais bem-sucedido investidor do século XX, é conhecido como o ‘Oráculo de Omaha’".

No entanto, o que mais chama a atenção em Buffett, em nossa opinião, são características que podem ser resumidas em três palavras e que podem explicar boa parte do seu sucesso nos investimentos: Simplicidade, Paciência e Serenidade.

Buffett não faz o perfil ostentador, embora possua uma fortuna estimada de pouco menos de US$ 90 bilhões.

Mora na mesma casa que comprou em 1956, em Omaha, no estado do Nebraska, e vai trabalhar dirigindo o mesmo carro todos os dias no modesto escritório da Berkshire Hathaway (holding a qual é CEO desde 1970) também em Omaha.

Adicionalmente, Buffett só conseguiu juntar seu primeiro US$ 1 milhão aos 30 anos, embora tenha começado a investir aos 11 anos.

De fato, a paciência é um fator de grande relevância no sucesso de Buffett.

Warren Buffett: Simplicidade, Paciência e Serenidade

Além disso, Buffett possui também um semblante bastante sereno.

Warren Buffett: Simplicidade, Paciência e SerenidadeFica difícil imaginar se o "oráculo de Omaha" possuiria essa mesma áurea de equilíbrio e sensatez se fizesse especulações de curto prazo em seus investimentos.

Isso nos faz refletir a respeito da questão que, dentre as muitas vantagens no investimento de longo prazo, uma das mais expressivas se faz no fato dessa abordagem de investimentos reduzir drasticamente o nível de stress dos investidores.

Com toda certeza Buffett não abre o seu Home Broker todos os dias para conferir os preços das ações das empresas que compõem o portfólio da Berkshire Hathaway.

Ao invés disso, Buffett investe o seu tempo lendo os balanços financeiros das empresas, suas DREs, Fluxos de Caixa, Press Releases, movimentações estratégicas, além de refletir bastante sobre as perspectivas futuras dos negócios baseado nas premissas que adquire através dos seus estudos.

Será que é possível aprender com Buffett alguma lição em relação aos Fundos Imobiliários?

É claro que sim.

Quem investe em imóveis no mercado tradicional não fica ligando para o seu corretor todos os dias para perguntar se o preço do seu imóvel foi alterado nas últimas 24 horas.

Por que, então, um investidor de Fiis deveria abrir o seu Home Broker várias vezes ao dia para conferir o preço de suas cotas?

Não faz sentido algum.

Invista mensalmente em bons Fundos Imobiliários, reinvista os dividendos recebidos e tenha simplicidade, paciência e serenidade nos seus investimentos.

Com o passar dos anos (que vão passar de qualquer jeito, mesmo você investindo, ou não), os seus resultados serão muito expressivos.

Tome como exemplo o maior investidor de todos os tempos, faça o simples e tenha uma vida muito mais leve e sensata.

Com toda a certeza os seus resultados serão de bastante expressividade no decorrer do tempo.

Conte conosco nos seus estudos e desenvolvimento como investidor de Fundos Imobiliários.

PS.: no último sábado (23) foi divulgada ao mercado a carta aos acionistas da Berkshire Hathaway, juntamente com o relatório anual de 2018. O documento traz uma combinação dos resultados da Berkshire no ano, além de conselhos e ensinamentos de Buffett aos investidores. A carta está disponível no site da Berkshire Hathaway.

Rafael Campagnaro
Rafael Campagnaro Head de Conteúdo

Engenheiro por formação, trabalha com produção de conteúdo informativo e educacional para o mercado financeiro no FIIs.com.br desde que iniciou no universo das finanças.

Comentários