A gestão do FII BTG Pactual Fundo de Fundos (BCFF11), detalhou em seu Relatório Gerencial divulgado segunda-feira (25), a performance do fundo no mês de setembro. Desta forma, a gestora BTG Pactual Gestora de Recursos explicou o aumento da exposição do fundo em FIIs de CRI e sua participação na oferta do IRIM11.

Referente ao mês de setembro, o BCFF11 distribuiu R$0,50 por cota, seguindo o mesmo patamar do mês anterior. Confira na tabela abaixo:

BCFF11

A gestora destacou que, neste mês, o BCFF11 apresentou mais um aumento em R$0,04 por cota, uma variação de 61% em relação a 3 meses atrás. 

De acordo com a gestão, esse aumento mostra a consolidação da estratégia do fundo em realizar alocações com objetivo de aumentar a renda recorrente do fundo, principalmente diante de um cenário econômico complexo e com maior volatilidade. 

Em relação à composição do resultado do mês, a frente de trading do fundo apresentou um resultado de R$0.03/cota, superando a marca do mês anterior. Confira abaixo:

BCFF11

Além disso, a gestão lembrou que o BCFF11 fechou o mês com uma reserva de contingência de R$9.6 milhões, o equivalente a R$0,38 por cota.

Participação na emissão do IRIM11

No dia 30 de setembro de 2021 iniciou-se a negociação do FII IRIM11, o novo FII de CRI da gestora Iridium, que também faz a gestão do IRDM11. 

A gestora do BTG Pactual Fundo de Fundos destacou que a cota do IRIM11 encerrou o pregão com alta de 24.9%.

Na verdade, o BCFF11 foi o único investidor da primeira emissão do IRIM11, que se mostrou uma posição com excelente capacidade de geração de renda com  yield de 12%, além de mais uma oportunidade de ganho de capital para o BCFF. 

A gestora reforçou que referente ao mês de setembro, o IRIM11 distribuiu R$1.18/cota, o que significa um yield on cost de 14.2% ao ano para o BCFF11, mostrando aos cotistas a decisão acertada do fundo em investir no novo FII de recebíveis da Iridium.

Atualmente 8% do patrimônio líquido do BCFF está aplicado no IRIM11.

Aumento da participação do fundo em FIIs de CRI

De fato, o BCFF11 aumentou sua participação em fundos de CRI. A gestão deixou claro que esse segmento torna a carteira do fundo defensiva tanto para a abertura da curva de juros quanto para a alta dos índices de inflação. 

No geral, os FIIs de CRI têm se tornado uma excelente opção frente à escalada inflacionária no Brasil, principalmente quando seus ativos estão indexados ao IPCA.

De igual modo, fundos de CRI com ativos atrelados ao CDI também têm alcançado bom desempenho, haja vista o aumento da taxa selic nos últimos meses. 

Conheça o BCFF11

O FII BTG Pactual Fundo de Fundos Imobiliários tem como objetivo principal a aquisição de cotas de outros FIIs, bem como Certificados de Recebíveis Imobiliários (CRI) e outros títulos de renda fixa.

O fundo possui patrimônio líquido de R$ 2,01 bilhões e tem aproximadamente 287.707 cotistas. 

Para quem deseja investir no BCFF11, o valor patrimonial de sua cota é R$79,59. Sua taxa de administração é de 0,150% sobre patrimônio líquido (mínimo R$ 25.000,00 mensais corrigido pelo IGPM).