O‌ ‌‌IFIX‌‌ fechou ‌a‌ ‌última‌ sexta-feira‌ ‌(2)‌ ‌em alta de 0,22%,‌ terminando ‌o‌ ‌dia‌ ‌em 2.760,17 pontos.‌ ‌No‌ ‌acumulado‌ ‌do‌ ‌mês‌ ‌de‌ ‌julho ‌e‌ ‌do‌ ‌ano‌ ‌de‌ ‌2021,‌ ‌a‌ ‌variação‌ ‌do‌ ‌índice‌ ‌é‌ ‌de‌ 0,19%‌ ‌e‌ -3,84%,‌ ‌respectivamente.‌ ‌

 ‌Também,‌ ‌o‌ ‌índice‌ ‌‌SUNO30‌‌ ‌fechou‌ ‌em‌ alta de 0,39% ‌e‌ 100,89 pontos.‌ ‌Veja‌ ‌na‌ ‌tabela‌ ‌abaixo:‌ 

fechamento bom dia fiis

Confira as principais notícias do mercado de FIIs:

PATL11 informa extensão de contrato com locatária

O FII Pátria Logística (PATL11), com gestão da Pátria Investimentos, divulgou nesta sexta-feira (2) a extensão do prazo de contrato de locação com locatária de ímovel em Itatiaia, Rio de Janeiro.

Nesta data foi celebrado o quarto aditamento ao instrumento particular de contrato de locação comercial de bem imóvel e outras avenças (Quarto Aditamento) entre o PATL11, a Xerox Comércio e Indústria Ltda, a Locatária do imóvel e a Xerox Serviços e Participações Ltda. fiadora. 

As partes entraram em acordo para a extensão da vigência de locação do imóvel constituído pelo Galpão 07 do Bloco 200, do Complexo Logístico Multimodal Itatiaia, localizado na Cidade de Itatiaia, Rio de Janeiro.

Neste caso, o contrato foi estendido por mais 48 meses, ou seja, até 30 de junho de 2025. Desta forma, a equipe gestora não projeta qualquer mudança nos dividendos do fundo em função deste novo acordo.

O objetivo do Pátria Logística (PATL11), conforme apontado em seu regulamento, é a “obtenção de renda e eventual ganho de capital, através da seleção, aquisição e administração ativa de um portfólio de imóveis logísticos e industriais, construídos ou em construção.”

RBIV11 informa movimentação de carteira do mês de junho

A gestão do Rio Bravo Crédito Imobiliário IV (RBIV11) anunciou aos cotistas nesta última sexta-feira (2), a movimentação da carteira do fundo durante o mês de junho. Em complemento, a Rio Bravo Investimentos divulgou os resultados do mês.

O resultado referente no mês foi de R$ 725 mil, sendo o patamar de distribuição de 155% do resultado, o equivalente à R$ 0,65/cota. Segue abaixo os resultados com maiores detalhes:

RBIV11

No fechamento do mês de junho, o RBIV11 apresentava 92% do patrimônio alocado no ativo alvo da estratégia de gestão, totalizando 30 CRIs e cotas de 10 FIIs, informou a gestora. 

Além disso, a taxa média ponderada de remuneração dos CRIs atrelados à IPCA, que representam 61% do portfólio, é de IPCA+ 7,19% e dos CRIs atrelados à IGP-M, que representam 10% do portfólio, é de IGP-M+ 10,50%. 

No gráfico abaixo é possível observar a diversificação do portfólio do fundo e os indexadores de sua carteira:

RBIV11

Já os CRIs remunerados a CDI, que representam 17% da carteira, apresentam taxa média ponderada de CDI+ 2,18%.

A gestora explicou que o RBIV11 utiliza como métrica Relatório Focus - o ano de 2024 - como parâmetro para a rentabilidade de sua carteira. “Estas taxas quando combinadas e utilizando-se as premissas do Relatório Focus 2024 (CDI de 6,50% a.a. e Inflação de 3,25% a.a.), levam a uma taxa de 9,93% pré custos”, disse a gestora.  

Movimentação da carteira do fundo

Adicionalmente, no fechamento do mês o fundo apresentava 8% do seu patrimônio em caixa, por meio de instrumentos de liquidez. 

Também, a Rio Bravo demonstrou que houve algumas oportunidades de compras e vendas de ativos de crédito, divulgadas abaixo pela gestora: 

  • Compra de R$ 2,5 milhões do CRI OBA (279ª Série); 
  • Compra de R$ 2,5 milhões do CRI OBA (315ª Série); 
  • Compra de R$ 6,3 milhões do CRI Pesa AIZ Longa;
  • Compra de R$ 7,0 milhões do CRI Copagril; 
  • Compra de R$ 2,7 milhões em FIIs.

O Rio Bravo Crédito Imobiliário IV é fundo de papel que objetiva proporcionar retorno acima do CDI por meio do investimento em ativos imobiliários de renda fixa, principalmente em CRIs. O fundo investe principalmente em ativos de alta qualidade de crédito (high grade).

XPIN11 adquire galpão logístico com direito a prêmio de locação

O XP Industrial Fundo de Investimento Imobiliário (XPIN11), representado por sua administradora, a Vortx, que comunicou aos seus cotistas nesta sexta-feira (2) a assinatura de documento para compra de galpão logístico para o fundo. 

O fundo assinou o compromisso de compra com MV Incorporação, por meio do qual adquiriu a fração ideal de 50,% de imóvel localizado em Extrema, Minas Gerais. No local, será edificado galpão logístico com área construída total estimada de 13.991,31m² 

Também, o fundo informou que o preço total de aquisição do imóvel será de R$40.492.517,65, com pagamento a ser realizado a prazo. Na última sexta-feira (2), houve o pagamento de parte do preço no valor de R$5.316.859,27. 

Além disso, foi acordado entre o fundo e a MV que a vendedora realizará o pagamento em periodicidade mensal de prêmio de locação em favor do XPIN11. Esse prêmio será devido no período entre a data de assinatura do Compromisso e o mês após a data de entrega das obras, que estão previstas para o 3º trimestre de 2022. 

O prêmio de locação será atualizado monetariamente e em periodicidade anual pela variação acumulada do IPCA/IBGE. 

Por fim, a administradora estima que os rendimentos decorrentes do prêmio de locação serão de, aproximadamente, R$0,29 por cota nos próximos 12 meses, correspondente à média mensal de R$0,02 por cota, considerando o número de cotas emitidas pelo fundo até esta data. 

O XP Industrial Fundo de Investimento Imobiliário tem como objetivo a obtenção de renda e ganho de capital por meio da compra de ativos imobiliários industriais ou logísticos. Isso inclui imóveis que estão em construção ou imóveis prontos para venda, locação ou arrendamento.