O‌‌‌ ‌‌‌‌‌‌IFIX‌‌‌‌‌‌ ‌‌fechou‌‌ ‌‌‌a‌‌‌ ‌‌‌última‌‌‌ segunda-feira‌‌‌ ‌‌‌(18)‌‌‌ ‌‌‌em‌‌ alta de 0,05%,‌‌‌ ‌‌terminando‌‌ ‌‌‌o‌‌‌ ‌‌‌dia‌‌‌ ‌‌‌em‌‌ ‌‌2.780 pontos.‌‌‌ ‌‌‌No‌‌‌ ‌‌‌acumulado‌‌‌ ‌‌‌do‌‌‌ ‌‌‌mês‌‌‌ ‌‌‌de‌‌‌ julho ‌‌‌e‌‌‌ ‌‌‌do‌‌‌ ‌‌‌ano‌‌‌ ‌‌‌de‌‌‌ ‌‌‌2022,‌‌‌ ‌‌‌a‌‌‌ ‌‌‌variação‌‌‌ ‌‌‌do‌‌‌ ‌‌‌índice‌‌‌ ‌‌‌é‌‌‌ ‌‌‌de‌‌‌ -0,56 ‌‌‌e‌‌‌ -0,89%‌‌,‌‌‌ ‌‌‌respectivamente.‌‌‌ ‌

Em resumo, SNFF11 mostra retorno maior aos cotistas, enquanto o ALZR11 informa sobre venda de ativo e emissão de cotas. 

Confira‌‌ ‌‌as‌‌ ‌‌principais‌‌ ‌‌notícias‌‌ ‌‌do‌‌ ‌‌mercado‌‌ ‌‌de‌‌ ‌‌FIIs:‌‌

SNFF11 bate IFIX e mostra retorno de 7% no mês

A Suno Asset, gestora do Suno Fundo de Fundos (SNFF11), informa nesta última segunda-feira (18) que a valorização do fundo no mês de junho foi de 7%. No semestre, o retorno foi ainda maior, performando 1,79%, enquanto o IFIX marcou -0,78%. 

Além disso, os dividendos do SNFF11 foram de R$ 0,65 por cota, o equivalente a um dividend yield anualizado de 10,07%. No primeiro semestre, o fundo distribuiu R$4,4, com rendimento médio mensal de R$0,74. A gestora disse em relatório que estuda aumentar esse patamar. 

O resultado foi de R$ 0,62 por cota, ou seja, inferior ao valor distribuído. Mas a gestora optou por utilizar parte dos resultados acumulados para completar os rendimentos do FII SNFF11 em R$0,65.

Além disso, os dividendos do SNFF11 foram de R$ 0,65 por cota, o equivalente a um dividend yield anualizado de 10,07%. No primeiro semestre, o fundo distribuiu R$4,4, com rendimento médio mensal de R$0,74. A gestora disse em relatório que estuda aumentar esse patamar. 

O resultado foi de R$ 0,62 por cota, ou seja, inferior ao valor distribuído. Mas a gestora optou por utilizar parte dos resultados acumulados para completar os rendimentos do FII SNFF11 em R$0,65.

O Suno Fundo de Fundos tem como objetivo investir em cotas de outros fundos de investimento imobiliário e, complementarmente, em ativos ligados ao setor, podendo ser  em Certificados de Recebíveis Imobiliários (CRIs); letras hipotecárias (LH), letras de crédito imobiliário (LCI) e outros ativos de renda fixa. 

ALZR11 informa sobre venda de ativo e comenta resultados

A gestão do Alianza Trust Renda Imobiliária FII (ALZR11), informa em relatório gerencial divulgado na última segunda-feira (18), sobre a possível venda de ativo do fundo, que gerará ganho capital expressivo para seus cotistas. 

Diante da dúvida de muitos investidores sobre o prazo da distribuição do lucro extraordinário gerado na possível venda do imóvel Clariant, a gestora quer concluir a venda antes da conversão dos recibos da subscrição em cotas. 

Já os cotistas detentores dos recibos adquiridos na oferta receberão os rendimentos derivados dos investimentos temporários do período, disse a gestora. 

Sobre resultados, os dividendos do ALZR11 serão de R$ 0,78 por cota, que serão pagos no dia 25 de julho. A gestora diz que o nível de caixa e valores mobiliários fundo no momento é de 8,4% de seu patrimônio líquido, ou seja, um saldo de caixa de R$ 52,8 milhões. 

O Alianza Trust Renda Imobiliária FII é um fundo imobiliário do tipo tijolo (híbrido) que possui diferentes categorias de investimentos no setor imobiliário. Sua prioridade é investir em propriedades para renda via contratos de locação atípicos (Built-To-Suit e Sale&Leaseback).