O BTG Pactual, gestora do FII BTG Pactual Agro Logística (BTAL11), comunicou na última segunda-feira (21) aos seus investidores os resultados e rendimentos do mês de maio. Também, a gestora aproveitou para analisar os desafios do agronegócio brasileiro e o posicionamento do fundo na cadeia produtiva.

Desde o início do fundo em fevereiro de 2021, o BTG Pactual demonstrou que a cota “alcançou uma média de liquidez diária de R$1 milhão com valorização de 3,9%”, mesmo com a desvalorização do IFIX, que desvalorizou -2,3%. O resultado do mês de maio, R$ 0,56/cota.  Confira na tabela abaixo:

btal11

A gestora lembrou os cotistas que, durante os primeiros quatro meses de atividade do BTAL11, o fundo anunciou:

  • 11 aquisições de ativos-alvo através de 9 operações diferentes 
  • 7 locatários/devedores
  • 7 tipos de ativos em 4 regiões do Brasil e todas as principais culturas produzidas no país. 
  • Investimento de R$ 555 milhões em ativos relacionados ao agronegócio brasileiro.

Diante disso, a equipe gestora afirmou estar empenhada em continuar a diversificação do seu portfólio. 

O panorama do agronegócio brasileiro

Um dos fatores que está preocupando os produtores é a falta de chuva observada em 2021, sobretudo na região centro-sul do país. De uma forma ou de outra, isso impactará a cadeia produtiva. 

Neste contexto, a gestão apontou que a “produção brasileira de milho deverá ser a mais impactada por conta da janela de plantio do grão”. Além disso, houve atraso na colheita da soja, devido à baixa ocorrência de chuvas em abril e maio. Apesar do contexto desafiador, reforçou a gestora, a “produção brasileira de grãos deve atingir um novo recorde na safra 2020/21, segundo estimativa da Conab do dia 10 de junho”. 

Na visão do BTG Pactual, o maior desafio dos produtores brasileiros é justamente a precariedade da infraestrutura/armazenagem. Esse fator que afeta diretamente a rentabilidade frente aos seus concorrentes internacionais. Observe abaixo os tipos de ativo que compõem o portfólio do fundo:

btal11

Exatamente por esse motivo, o BTAL11 “foca em ativos estrategicamente localizados nas regiões que apresentam maior déficit de infraestrutura/armazenagem e localizadas nos corredores de escoamento mais importantes do Brasil”, destacou a gestão.  

Conheça o BTAL11

O FII BTG Pacual Agro Logística (BTAL11) é um fundo do tipo tijolo com foco no segmento logístico e industrial ligado ao agronegócio. Porém, o fundo tem investido tanto em imóveis quanto em outros ativos como CRIs, LCIs entre outros.

Desta forma, o FII BTG Pactual Logística possui patrimônio líquido de R$622 milhões e tem aproximadamente 9.672 cotistas. 

Para quem deseja investir no BTAL11, o valor patrimonial de sua cota é de R$100,55, sendo sua taxa de administração de 1,10%a.a. sobre patrimônio líquido ou valor de mercado do fundo se o fundo fizer parte de índice de mercado (IFIX).