BTLG11 divulga relatório com lucro de R$ 21,5 milhões; saiba mais

Fundo imobiliário distribuiu dividendos de R$ 0,76 por cota em dezembro; anúncio de janeiro deve sair na semana que vem.

BTLG11 divulga relatório com lucro de R$ 21,5 milhões; saiba mais
Fundo Imobiliário de Condomínios Logísticos Urbanos (Last Mile) divulga sua 3ª oferta de cotas. Foto: Pexels

O fundo imobiliário BTG Pactual Logística (BTLG11) divulgou nesta sexta-feira (5) seu mai recente relatório gerencial, com dados referentes ao mês de novembro, em que alcançou um resultado líquido de R$ 21.123.328, o equivalente a R$ 0,74 por cota.

O FII, no entanto, distribuiu R$ 0,76 por cota em dividendos no mês de dezembro, num valor total de R$ 21.654.402, o que representou um dividend yield anualizado de 9,1% em relação ao preço no dia do anúncio.

O fundo fechou o mês de novembro com valor de mercado de R$ 2,89 bilhões, com 98% de ocupação financeira de seus 20 imóveis e contratos espalhados entre 54 diferentes locatários, com pouca concentração – seu maior cliente, a Ambev, proporciona 9% da renda com aluguéis.

BTLG11 em fase de reciclagem de ativos

A gestão do BTLG11 destacou no relatório o trabalho de reciclagem doo portfólio que vem realizando nas últimas semanas, com a conclusão da venda do imóvel BTLG Dutra SP, em Guarulhos, que rendeu o recebimento em 19 de dezembro do valor de R$ 40,1 milhões. O negócio teve valor total de R$ 81,5 milhões, 23% acima do valor patrimonial do imóvel, com um  lucro de R$ 23,5 milhões e um ganho de capital de 40%.

Também em dezembro, ao fundo imobiliário adquiriu três imóveis de padrão AAA em São Paulo, sendo dois em Cajamar, na região metropolitana, e um em Campinas, a cerca de 100 km da capital. O valor total da negociação ficou em R$ 760 milhões, com pagamento de R$ 440 milhões à vista e o restante em 18 meses, com parcelas mensais e correção pelo IPCA.

Além disso, o BTLG11 quitou, sem pagamento de multa, um CRI (certificado de recebíveis imobiliários), no valor de R$ 60 milhões, que tinha custo de CDI + 2,95% ao ano, o que deve reduzir as despesas financeiras do fundo nos próximos meses.

O fundo imobiliário BTLG11 anunciou nesta semana outra transação: a venda de dois imóveis, um em São Paulo e outro na Bahia, por R$ 133,106 milhões.

A gestão assinou um firmou um Memorando de Entendimentos não vinculante que prevê o pagamento de R$ 71,066 milhões à vista, no ato de fechamento da transação, e o valor restante parcelado em três pagamentos semestrais, num prazo de 18 meses.

foto do autor: Fernando Cesarotti
Fernando Cesarotti
Editor

Jornalista.

últimas notícias