Dividendos do SNCI11 podem ter nova alta, projeta gestão

O Fundo SNCI11 obteve um resultado de R$ 6.6 milhões em maio de 2024, segundo seu mais novo relatório gerencial.

Dividendos do SNCI11 podem ter nova alta, projeta gestão
SNCI11 registra lucro de R$ 6,6 milhões e espera elevar dividendos. Foto: Freepil.

O fundo Suno Recebíveis Imobiliários (SNCI11) obteve um resultado de R$ 6.6 milhões em maio de 2024, segundo seu mais novo relatório gerencial. Dessa forma, o FII registrou um lucro acumulado de R$ 2.7 milhões e um rendimento distribuído de R$ 3.9 milhões, o que permitiu à gestão ampliar o patamar de distribuição de dividendos para R$ 0,95 por cota.

O valor a ser pago aos cotistas em 25 de junho, conforme anúncio feito na última sexta-feira (14) representa uma elevação de 5,56% em relação aos meses anteriores, em que os proventos vinham sendo de R$ 0,90 por cota.

Além disso, foi apresentada uma revisão do guidance de distribuição. Com 71% do PL indexado ao IPCA e 23% ao CDI, as novas projeções da carteira do SNCI11 fazem com que o fundo tenha um resultado potencial líquido de despesas levemente superior a R$ 1,00/cota para a segunda metade do ano.

“Com isso em mente, o time de gestão espera poder elevar novamente o patamar de distribuição a partir dos próximos fechamentos”, diz a Suno Asset, gestora do fundo, no relatório.

Em maio, o SNCI11 conseguiu manter seu yield médio dos CRIs do fundo em linha com o visualizado no mês anterior, com spread de 4,77% a.a. para os CRIs indexados ao CDI e de 9,39% a.a. para os CRIs indexados ao IPCA. O yield médio de CRIs do fundo, consideradas as expectativas para as curvas de juros e inflação, se elevou de 14,57% para 14,96% a.a.

Dividendos do SNCI11: FII tem desconto na cota

Os dividendos do SNCI11 que serão pagos no dia 25 de junho representam um dividend yield anualizado de 12,37%. O fundo fechou o mês de maio com uma cota patrimonial de R$ 98,95, uma rentabilidade de 0,28% em relação ao mês anterior. Ao mesmo tempo, a média dos fundos pares do IFIX Papel (com liquidez diária média acima de R$ 500 mil) foi de 0,23%.

Com isso, o fundo acumulou uma rentabilidade patrimonial total ajustada pela distribuição de 32,97% desde o início, em outubro de 2021.

Apesar de seu retorno histórico absoluto consistente, considerando o preço de fechamento do fundo no final do mês igual a R$ 94,20, o SNCI11 encerrou o mês de maio com um P/VP igual a 0,95, o menor valor desde março de 2023 e segundo menor desde o surgimento do fundo. 

“Ainda que com este desconto de cota a mercado, o SNCI11 conta com todos os seus ativos adimplentes e com um Yield Médio (All In) projetado de 14,56% a.a”, comenta a gestão, no mesmo documento em que aponta a possibilidade de novas ampliações de dividendos.

Tags
Quer construir uma carteira de Fiis alinhada com os seus objetivos? Clique aqui e fale agora mesmo com um especialista.
foto: Vinícius Alves
Vinícius Alves
Jornalista

Jornalista formado na Faculdade Cásper Líbero. Com passagens pela Agência Estado e Editora Globo.

últimas notícias