Fiagro SNAG11 anuncia dividendos de 13,27% ao ano; saiba o valor

O Fiagro SNAG11 anunciou um novo pagamento de dividendos, cujo retorno é de 13,27% ao ano. Saiba o valor e a data de pagamento.

Fiagro SNAG11 anuncia dividendos de 13,27% ao ano; saiba o valor
VGIA11 pagará menor dividendo de sua história e divulga resultado de R$ 8,295 milhões. Foto: iStock

O Fiagro SNAG11, da Suno Asset, divulgou um novo pagamento de dividendos aos seus investidores, no valor de R$ 0,105 por cota.

Conforme comunicado nesta terça-feira (6), os dividendos do SNAG11 serão distribuídos em 23 de fevereiro de 2024. O valor será pago somente aos investidores comprados no Fiagro até o final da sessão de 15 de fevereiro.

Os rendimentos do SNAG11 representam um retorno mensal de 1,04% sobre a cotação de fechamento de janeiro, que foi de R$ 10,06, ou então 13,27% ao ano.

O Fiagro da Suno Asset está dentro das especificações que garantem que seu rendimento seja isento de Imposto de Renda para pessoas físicas, conforme legislação aplicável a esse tipo de ativo.

Os proventos do SNAG11 têm como base os resultados auferidos no mês de janeiro. Esse resultado só será detalhado em um novo relatório gerencial que será divulgado posteriormente. Apesar disso, hoje o Fiagro anunciou o relatório de dezembro de 2023.

Resultados do SNAG11 em dezembro

O Fiagro SNAG11 registrou um resultado final de R$ 6,964 milhões em dezembro. Em relação às receitas do mês, R$ 4,918 milhões vieram de juros de Certificado de Recebimento do Agronegócio (CRAs), R$ 372,27 mil da renda de aluguéis e mais de R$ 335,57 mil de aplicações de caixa.

Referente a esse resultado, o fundo SNAG11 decidiu distribuir R$ 5,5 milhões em rendimentos.

Em dezembro de 2023, o Fiagro investiu R$ 75 milhões em dois ativos diferentes. Um deles foi o CRA Pulverizado Boa Safra, com uma taxa de CDI + 3%, cujo valor investido foi de R$ 65 milhões. Outros R$ 10 milhões foram colocados no Big Trade FIDC Mezanino, a uma taxa de CDI + 7,5%.

Segundo a gestão, a tese de investimento no CRA Pulverizado Boa Safra continua sem mudanças. O dinheiro desse CRA é voltado aos produtores parceiros do grupo Boa Safra.

“O lastro do CRA faz parte da carteira de clientes da empresa, composta por produtores que utilizam sementes de alta qualidade de soja e mantêm uma parceria de longa data com a Boa Safra. Além disso, há uma coobrigação de 10% do valor do CRA por parte da Boa Safra”, explicou o SNAG11 em seu relatório.

foto: João Vitor Jacintho
João Vitor Jacintho

Redator profissional, com atuação no mercado editorial na produção de notícias e conteúdos sobre o mercado de ações, criptomoedas, fundos imobiliários e economia popular. Graduando em Engenharia Química pela Unesp, também já trabalhei como consultor financeiro.

últimas notícias