O Fundo de Investimento Imobiliário Hedge Logística (HLOG11), administrado pela Hedge Investments DTVM Ltda., divulgou nesta sexta-feira (12) o seu relatório gerencial do mês de outubro, em que descreveu seu resultado e rendimento mensal.

De acordo com o relatório, o objetivo do fundo imobiliário Hedge Logística (HLOG11) é alcançar valorização e rentabilidade de suas cotas no longo prazo, por meio de investimento de ao menos dois terços do seu patrimônio líquido em empreendimentos construídos, destinados principalmente à exploração logística e industrial.

Depois de um ano de 2020 de crescimento acelerado, o mercado de galpões logísticos permanece em expansão. Até o final do mês de outubro de 2021, cerca de 1,1 milhão m² foram entregues no país. Desse total, 40% dessa área está no estado de São Paulo.

Portfólio do Hedge Logística

Em percentual da carteira imobiliária do HLOG11 os empreendimentos do fundo distribuídos da seguinte forma:

  • Citlog Sul de Minas - 39%;

  • Condomínio Viracopos - 35%;

  • Galpão Vila Prudente - 11%;

  • Condomínio Logístico Industrial Salto - 10%;

  • Parque Anhanguera - 6%.

Além disso, a diversificação da carteira do Hedge Logística se posiciona em 3 tipos de ativos diferentes:

  1. Estratégicos - 97%;

  2. FIIs líquidos - 2,6%;

  3. Renda fixa - 0,4%.

Em suma, o HLOG11 encerrou o mês de outubro com investimento em cinco empreendimentos que somam cerca de 185,0 mil m² de Área Bruta Locável. Importante dizer que 63% está em São Paulo, enquanto Minas Gerais tem 37%.

HLOG11 anuncia resultado e dividendo do mês de outubro

Resultados e rendimentos do HLOG11

O HLOG11 vai distribuir R$ 0,63 por cota como rendimento referente ao mês de outubro de 2021, considerando que o total de cotas do fundo até o final do mês é de 4,25 milhões. O pagamento vai ocorrer no dia 16 de novembro, aos detentores de cotas em 29 de outubro.

O total de receitas do Hedge Logística foi de aproximadamente R$ 3,23 milhões em outubro, dos quais cerca de R$ 3,11 milhões são receitas imobiliárias vindas de FIIs estratégicos e imóveis.

Além disso, as despesas do HLOG11 foram de quase R$ 435 mil, gerando um resultado operacional mensal aproximado de R$ 2,8 milhões. Nos últimos 12 meses esse mesmo resultado operacional foi de quase R$ 33,31 milhões.

O resultado do Hedge Logística no ano de 2021 é de R$ 28,46 milhões e o rendimento foi de R$ 26,77 milhões no mesmo período. O rendimento de outubro foi de R$ 2,677 milhões, equivalente a R$ 0,63 por cota de rendimento médio no mês.

O valor de mercado da cota do HLOG11 até o final de outubro foi de R$ 102,85. O retorno total bruto, calculado pela soma dos rendimentos distribuídos pelo fundo ao valor da cota, sem qualquer reinvestimento, correção e sem tributação, alcançou 17,9% considerando a cota inicial do fundo de R$100,00, enquanto no mesmo período o IFIX teve 0,2%.

A cota patrimonial do HLOG11 nesse período chegou a R$ 114,24 e o número de cotistas em 3.866. Além disso, o valor de mercado do fundo atingiu os R$ 437,11 milhões.