O Fundo de Investimento Imobiliário Hedge Logística (HLOG11), administrado pela Hedge Investments DTVM Ltda., divulgou nesta terça-feira (14) o seu relatório gerencial do mês de setembro, em que descreveu seu resultado e rendimento mensal.

De acordo com o relatório, o objetivo do fundo imobiliário Hedge Logística (HLOG11) é alcançar valorização e rentabilidade de suas cotas no longo prazo, por meio de investimento de ao menos dois terços do seu patrimônio líquido em empreendimentos construídos, destinados principalmente à exploração logística e industrial.

Depois de um ano de 2020 de crescimento acelerado, o mercado de galpões logísticos continua em expansão. Até o final do mês de julho de 2021, cerca de 590 mil m² foram entregues no país. Desse total, mais da metade dessa área está no estado de São Paulo.

Portfólio do Hedge Logística

Em percentual da carteira imobiliária do HLOG11 os empreendimentos do fundo distribuídos da seguinte forma:

  • Citlog Sul de Minas - 39%;

  • Condomínio Viracopos - 35%;

  • Galpão Vila Prudente - 11%;

  • Condomínio Logístico Industrial Salto - 10%;

  • Parque Anhanguera - 6%.

Além disso, a diversificação da carteira do Hedge Logística se posiciona em 3 tipos de ativos diferentes:

  1. Estratégicos - 96,9%;

  2. FIIs líquidos - 2,6%;

  3. Renda fixa - 0,5%.

Em suma, o HLOG11 encerrou o mês de setembro com investimento em cinco empreendimentos que somam cerca de 185,0 mil m² de Área Bruta Locável. Importante dizer que 63% está em São Paulo, enquanto Minas Gerais tem 37%.

HLOG11 anuncia resultado e dividendo do mês de setembro

Resultados e rendimentos do HLOG11

O HLOG11 vai distribuir R$ 0,63 por cota como rendimento referente ao mês de setembro de 2021, considerando que o total de cotas do fundo até o final do mês é de 4,25 milhões. O pagamento vai ocorrer no dia 15 de outubro, aos detentores de cotas em 30 de setembro.

O total de receitas do Hedge Logística foi de aproximadamente R$ 3,195 milhões em setembro, dos quais cerca de R$ 3,082 milhões são receitas imobiliárias vindas de FIIs estratégicos e imóveis.

Além disso, as despesas do HLOG11 foram de quase R$ 276 mil, gerando um resultado operacional mensal aproximado de R$ 2,92 milhões. Nos últimos 12 meses esse mesmo resultado operacional foi de quase R$ 31,61 milhões.

O resultado do Hedge Logística no ano de 2021 é de R$ 25,65 milhões e o rendimento foi de R$ 24,1 milhões no mesmo período. O rendimento de setembro foi de R$ 2,677 milhões, equivalente a R$ 0,63 por cota de rendimento médio no mês.

O valor de mercado da cota do HLOG11 até o final de setembro foi de R$ 104,11. O retorno total bruto, calculado pela soma dos rendimentos distribuídos pelo fundo ao valor da cota, sem qualquer reinvestimento, correção e sem tributação, alcançou 18,5% considerando a cota inicial do fundo de R$100,00, no mesmo período o IFIX teve 1,7%.

A cota patrimonial do HLOG11 nesse período chegou a R$ 114,17 e o número de cotistas em 3.921. Além disso, o valor de mercado do fundo atingiu os R$ 442,47 milhões.