O JS Ativos Financeiros (JSAF11), com gestão do Banco Safra, anunciou rendimentos do fundo referentes ao mês de julho. Assim como no mês anterior, o fundo manterá os dividendos em R$0,93 por cota, com dividend yield anualizado de 13,51%. Esses valores fazem do JSAF11 o maior pagador de dividendos entre FoFs com patrimônio líquido acima de R$ 100 milhões no semestre. A gestora explica como conquistou este feito. 

Em primeiro lugar, a gestora do JSAF11 comenta que o time de gestão fez a leitura correta das indicações macroeconômicas e ajustaram as alocações. Ou seja, o fundo aproveitou tanto os ciclos de crescimento de juros, aumento da selic, queda nas cotações de cotas de FIIs para fazer investimentos adequados ao monento. 

Neste ponto, no começo de 2022, o JSAF11 estava preparado para inflação alta. Por isso, o fundo aumentou de forma considerável sua exposição em FIIs de CRI e também fez alocações diretas em CRIs atralados à inflação (IPCA). Essa estratégia permitiu o fundo sair de um rendimento de R$0,62 por cota para os atuais R$ 0,93 por cota. 

Porém, na metade do primeiro semestre o fundo resolveu mudar seu padrão de investimentos. O JSAF11 investiu mais pesado em FIIs de CRI de indexados ao CDI e privilegiou um CRI atrelado ao CDI que, atualmente, representa 10% do PL do fundo. 

Portanto, a gestora deixa claro que o fundo aproveitou tanto o crescimento da inflação quanto a alta da taxa selic.  

Ao mesmo tempo, o JSAF11 ampliou sua exposição a FIIs de tijolo, que nestas fases econômicas estressadas ficam com as cotas pressionadas na bolsa de valores. Em especial, o JSAF11 investiu no segmento de lajes corporativas, que atualmente possui maior potencial de reduzir sua vacância.

Como complemento, o JSAF11 possui uma reserva para garantir a distribuição linear de rendimentos em R$ 0,93 centavos até o final de 2022, mesmo que este ano a previsão seja de deflação para os próximos meses. 

Conheça o JSAF11

JS Ativos Financeiros é um fundo imobiliário com gestão ativa, podendo alocar seus recursos em títulos e valores mobiliários: cotas de outros FIIs, Certificados de Recebíveis Imobiliários (CRI), ações de empresas do setor imobiliário.

O fundo possui patrimônio líquido de R$153 milhões e tem aproximadamente 1.573.047 de cotas emitidas.

Para quem deseja investir no JSAF11, o valor patrimonial da sua cota é de R$95,81, sendo sua taxa de administração de até 1,00%a.a. sobre valor de mercado do fundo.