A gestão do fundo Kilima FIC de FII SUNO30 (KISU11) detalhou em seu Relatório Gerencial divulgado segunda-feira (8), a performance do fundo no mês de fevereiro. A gestora Kilima Gestão de Recursos além de publicar os resultados do fundo, também descreveu sobre o segundo mês do KISU11 na bolsa de valores. 

O mês de fevereiro não foi fácil para a gestão do KISU11. Pelo menos foi isso que a gestora expressou por meio do relatório gerencial, quando explicou sobre a mudança na administradora do fundo, decidida em assembleia.

Mesmo assim, a Kilima Gestão apontou que a troca do administrador foi apenas um episódio que reforçou a resiliência do KISU11 e “a confiança de que o alinhamento entre o fundo e os investidores está correto”, afirmou a gestora. 

O resultados do fundo no mês de fevereiro

Para um fundo que estava no seu primeiro mês, a gestão reconheceu que o aumento na liquidez, crescimento do número de cotistas e a valorização da cota foram positivos.

De certa forma, esses elementos deixaram a equipe gestora animada. Observe no gráfico abaixo:

gráfico kisu11

Somado a isso, outro ponto de destaque considerado pela gestão foi o número de pessoas físicas que seguraram as posições no mercado secundário, ao contrário dos institucionais que passaram grande parte do mês insistindo em vendas. 

A Kilima Gestão pontuou que “os investidores individuais entenderam claramente a proposta da gestão e o valor do Índice Suno 30 FII em relação ao IFIX e alocaram dia após dia no KISU11”. 

Com os resultados positivos, o KISU11 garantiu a distribuição de dividendos aos cotistas em fevereiro, no valor de R$0,65 por cota. Observe na tabela abaixo os resultados do fundo:

tabela kisu11

Com o caixa gerado, o fundo possui condições de fazer novas alocações e aumentar ainda mais o patrimônio do KISU11. 

Porém, a gestão prefere esperar o “cronograma de emissões que vem pela frente e inclui fundos da carteira do fundo, como por exemplo IRDM11 e CPTS11”, afirmou Kilima Gestão. 

Em outras palavras, aproveitar o caixa para investir no momento certo foi a ênfase do relatório em relação aos novos investimentos. 

Conheça o KISU11

O KISU11 é um FII (fundo de fundos) tem por objetivo seguir a carteira teórica do índice de referência SUNO 30 FII. Fundado em outubro de 2020, sua primeira negociação na bolsa foi em janeiro (15) deste ano.

Atualmente, 98,2% da carteira do KISU11 está alocada em fundos imobiliários, sendo o restante aplicado em renda fixa.

O Kilima FIC de FII possui patrimônio líquido de R$76 milhões e tem aproximadamente 15.328 de cotistas. 

Para quem deseja investir no KISU11, o preço atual da sua cota é de R$117,50 (atualização 08/03), sendo sua taxa de administração de 0,65% ao ano.